quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Te Dou Minhas Flores, Te Dou Meu Abraço...


Amado que me vês,

que me vês nesta noite

de encantos indecentes

e gritos doentes de perturbadores

caçando doentes humanos

em prisões chamadas

de casas de família,

tenho flores

que quero te dar,

tenho um abraço

que quero te dar...


Amado que me vês,

venha comigo até este cemitério,

eu abro os caixões e como

metade de corpos semi-enterrados,

mastigo tudo como petisco

que saboreado é melhor do que

tu saboreias tua comida humana

de todo dia,

adoro a carne de crianças mortas,

crianças mortas e suas carnes

são deliciosas,

essas flores são

tuas,

um abraço meu é

teu...


Amado que me vês,

sou carinhosa demais se você quiser,

sou a sua Vida Guerra,

sou a sua Angelina Jolie,

sou a sua Viviane Araújo,

sou a sua Fabiana Andrade,

sou toda mulher que tu quiser,

me arrastes para um canto,

eu tenho flores

para te dar,

eu tenho um abraço

para te dar...


Amado que me vês,

eu afastei daqui os meus Irmãos,

ficaremos sozinhos,

cacei há pouco e me alimentei,

matei um político,

matei três policiais,

matei um juiz,

matei cinco freiras,

matei doze bêbes,

matei uma mulher grávida,

matei um médico,

matei dois homens que fodiam

na escada de uma igreja,

venha que estou satisfeita,

quero te dar

flores,

quero te dar

abraço...


Amado que me vês,

escondas e eu acho,

te escondas e eu te acho,

corras e eu corro,

corras de mim

e e eu corro até ti,

eu não sou maligna

como a tua humana

moralzinha crê,

sou do bem,

o meu bem,

pois sangue pelo meu próprio

bem sobreviver

eu faço cair

para sorver,

as flores para

ti,

o abraço para

ti...


Amado que me vês,

venha aqui,

venha,

as flores são todas

tuas,

o abraço é todo

teu...


as flores,

tuas...


o abraço,

teu...


as flores,

tuas...


o abraço,

teu...


VENHA,

AMADO QUE ME VÊS,

SEU FILHO DE UMA PUTA

CADELA HUMANA

QUE DAVA O CU PARA

CÃES,

VENHA,

SENÃO EU TE CAÇO,

ENFIO CADA ROSA

NESSE TEU CU

TODO FEDORENTO

QUE TU LAVAS BEM MAL,

ESFREGO A MINHA

BUCETA FRIA

NA TUA CARA,

ESFREGO MEU

CU FRIO

NA TUA CARA,

TE ENCHO DE FERIDAS

A DENTADAS

PELA MERDA HUMANA

QUE É ESSE TEU CORPO

DE HUMANO ESCROTO

E TE ABRAÇO

DILACERANDO ESSA PORRA

DESSA TUA GARGANTA

COM MEUS DENTES

DE CARINHOSA VAMPIRA

QUE QUER TE DAR

FLORES,

QUE QUER TE DAR

UM ABRAÇO!!!


As flores,

quer recebê-las

de maneira calma?


O abraço,

quer recebê-lo

de maneira calma

igualmente?


OU QUER QUE

EU TE CAÇE,

AMADO MEU

QUE ME VÊS,

SEU ARROMBADO

HUMANOZINHO

DO CARALHO???


Inominável Ser

INDO RECEBER

AS FLORES DELA

INDO RECEBER

O ABRAÇO DELA

E RECOMENDANDO

O MESMO A TI

SE FORES UM

HOMEM

A ESTE POEMA TER

APRECIADO




sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Gosto Da Foda Da Madrugada Fodedora


sou chamada de puta escrota

do caralho pela minha clitóris

e tento escrever hoje um poema

em rima determinativa

da minha condição de ser

uma grande putinha


gosto de ser grande putinha

e sou chamada muito

de grande galinha

pelos Estranhos que me cercam

e me fodem nas madrugadas

que encantadas dizem que são

Deusa Madrugada


não sou mais puta e galinha

sou a putona e a galinhona

comida pelos Súcubos Da Madrugada

uma gostosa toda arrombada

uma gostosinha toda

arrombadinha

meu cuzinho dói

Deus me fodeu ontem

Santo Antônio me fode agora

Santa Luzia me foderá amanhã

Jesus não quer saber

da minha xota


ah como sou puta

sou disputada até pelos Demônios

sou comida até pelos Demônios

sou fodida nas madrugadas

por Azazyel

por Belemoch

por Behemoth

por Asmodeus

por Leonardo

por Ashareus

o Diabo me tem como

a sua puta galinha novinha

preferida

Satan me bate e tira minha calcinha

com tridente em brasa fervida


minha buceta coroada

é da Magia Da Madrugada

me dão a comida das

Deusas Irmãs De Lilith

Lilith vem aqui na minha cama

Ela me lambe

Ela me esgota

Ela me masturba

Ela penetra em mim

com a língua

com os dedos

com as mãos

com os pés

Ai Ela mais me fode

Ai é Ela quem mais me fode

Ai me fode Lilith

Ai me fode Lilith

Ai me fode Lilith

Ai me fode Lilith

Ai me fode Lilith

Ai me fode Lilith

Ai me fode Lilith


quero mais

vem todo mundo

meu cuzinho vai para os Deuses

meu cuzinho vai para os Demônios

meu cuzinho é de Arcanjos

meu cuzinho é de Anjos

vem todo mundo das Trevas

vem todo mundo dos Abismos

vem todo mundo das Misérias

vem todo muno das Desgraças

meu cu vos chama

vem me foder onde gosto

gosto da Foda Da Madrugada

Fodedora

eu sou fodida

eu sou uma fodida

eu sou fodedora

eu quero fodedores


meu cu vos chama

fodedores

minha buceta vos chama

fodedores

me dêem mais na buceta

me dêem mais no cu

me dêem uma foda

me dêem mil fodas

me dêem dez mil fodas

me dêem vinte mil fodas

me dêem trinta mil fodas

me dêem quarenta mil fodas

me dêem cinquenta mil fodas

me dêem infinitas fodas

me coma todo mundo

me foda todo mundo

todo mundo no meu cu

todo mundo na minha buceta

ai minha buceta

ai meu cu


Trevas na minha buceta

Trevas no meu cu

Madrugadas na minha buceta

Madrugadas no meu cu

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me fodam

Me Fodam

Com F maiúsculo

meu cu maiúsculo

meu C maiúsculo

puta que pariu

que doida

estou doida

tão me comendo

tão me fodendo

ai são milhões

vou me entregar


são Os Trevosos

Os Trevosos Fodedores

Me fodendo

Me fodendo

Me fodendo

Me fodendo

Me fodendo

Me fodendo

Me fodendo

Me fodendo

Me fodendo

Me fodendo

Me fodendo


Quer vir me foder também?


Vem que eu sou tua putinha

Venha que eu sou tua galinhazinha

Afinal de contas

que tipo de mulher eu seria

se não fosse essa puta galinha

amante de todo Espírito

que tenha um pau

que tenha uma língua

e que queira me foder

me foder

me foder

me foder?


Até o seu Deus me fode


E o seu Jesus...


Jesus ainda vai me foder

Santa Maria já me fodeu

São José já me fodeu

Até São João Batista já me fodeu!


que blasfêmia horrenda

não?


você é cristão?


você é cristã?


esqueça a blasfêmia

me foder vale muito a pena

de certa forma

sou uma puta santa

de certa forma

sou uma galinha santa

venerada pelo calor da minha

sagrada bucetinha

venerada pelo calor do meu

sagrado cuzinho


tô te esperando

tão me comendo

tão me fodendo

venha

venha

venha

VENHA!!!!!!!


Inominável Ser

INDO




O Inominável Senhor Das Noturnas Destruições Existenciais


Aguardo muitos pesadelos

risonhos nos meus

calabouços de desesperos

e encontro cantores de músicas

despedaçadas pelas noturnas

agruras de ruas nulas

em poças de escarro retidas


Aguardo muitos pesadelos

e as mudas de plantas

crescentes em venenosos

terrenos esgotados

pelo pisar de pés estragados

reúnem suas ruínas

diante da minha chacina


Aguardo muitos pesadelos

e nas meias-noites de minha

minada meia-existência

vou ouvindo gemidos

de touros e de vacas abatidas

que são homens e mulheres todos

que reúnem como eu seus tolos tronos


Aguardo muitos pesadelos

e sinto o Caminhar Dele

Caminhar detonador de toda

lágrima que possa ser breve

mas feliz sorriso

em meu rosto

e nos rostos dos outros sofredores

Aguardo muitos pesadelos

e Ele guarda meu enredo

de carnaval todo infeliz

que toca marchinhas de desgraças

para todo infeliz

que igual a mim

teima em querer ser alegre folião


Aguardo muitos pesadelos

e Ele guarda em Si

Todos Os Pesadelos

Da Deusa Meia-Noite

Enamorada Do Diabo

Que Mata Putas Vagabundas

Nos Bueiros Infernais


Aguardo muitos pesadelos

e Ele

O Inominável Senhor

Das Noturnas Destruições

Existenciais

É Todos Os Pesadelos Meus

E Dos Humanos Que Somos Nós


Aguardo muitos pesadelos

E O Inominável Senhor

A Guardar Todo Humano

Pesadelo

me saboreia

te saboreia

no Banquete Do Humano Terror


Aguardo muitos pesadelos

E O Inominável Senhor

Surgindo Do Éter Astral

Do Humano Terror

dá-me sete mil vezes o que mil vezes

todo ser humano recebe

de pesadelos em ardor


Aguardo muitos pesadelos

E O Inominável Senhor

que aguarda nosso encontro

em seu Inominável Império

De Humano Terror

nos reúne como gado abatido

saboreado pelo nosso próprio Terror


Aguardo muitos pesadelos

E O Inominável Senhor

De Infinitos Pesadelos

me dá e te dá

infinitas horas de desconforto

e de medo e de angústia

pelo Terror de humanos sermos


Ele Guarda Nossos Pesadelos


Ele Aguarda Nossos Outros Pesadelos


Quereis Fugir Dele?


Quereis?


Não Há Fuga...


Não Há...


Nós Já Fugimos

Em Direção A Ele

Quando Geramos

O Humano Terror

E Enterramos A Humana Paz

Ao Cair Do Sangue De Habel

Nas Mãos De Kain


Nós O Alimentamos...


Nós O Fazemos Crescer...


Nós Somos Ele Sem Crermos

E Sabermos

Que Somos Algo Mesmo...


Fugir Não...


Fugir Não!


Fugir Não?


Fugir Não.


O Verdadeiro Humano Pesadelo

É Ele

O Inominável Senhor

Das Noturnas Destruições

Existenciais

Nosso Verdadeiro Pai

Aos Pés Da Deusa Meia-Noite


Ele É Nossos Pesadelos


Ele É Nossos Pesadelos


Ele É Nossos Pesadelos


Ele É Nossos Pesadelos


Ele É Nossos Pesadelos


Ele É Nossos Pesadelos


Ele É Nossos Pesadelos


Ele É Nossos Pesadelos


Ele É Nossos Pesadelos


Ele É Nossos Pesadelos


Ele É Nossos Pesadelos...


Inominável Ser

QUE É ALIMENTADOR

DO INOMINÁVEL SENHOR

DE SEUS PESADELOS