sábado, 27 de setembro de 2008

Canção Da Madrugada Que Em Volta Fica A Me Fazer Aterradoramente Dançar


 

Neste Grande Silêncio

Da Alta Madrugada

Abro Um Caminho

Por Entre As Cinzas

Das Pistas

Da Estranha Estrada

 

Logo Me Faço

Ouvinte Noturno

Da Pouca Rotina

Que Vem

E Que Sobra

Da Negra Praça

 

Homens Sem Atos

Mulheres Sem Atas

Demônios Sentados

Os Deuses Bebendo

A Morte Dos Anjos

Sem Asas E Harpas

 

Estrelas Caindo

O Sereno Morrendo

O Diabo Sorrindo

Satan Se Perdendo

Barcos Em Fila

O Mar Vem Vencendo

 

Ondas De Trapos

Nados De Ratos

Lúcifer Calado

A Liga De Aço

A Luta Encarada

A Derrota Formada

 

O Túnel Atravesso

Negro Túnel Do Nada

Negro Túnel Do Todo

Humanos Sedentos

Humanos Serenos

Serenos E Mortos

 

Andando Aqui

Andando Ali

Madrugada Em Mim

Madrugada Assim

Trazendo A Visão

Do Caos Sem Fim

 

Diante Daqui

Diante Dali

Quero Ter A Perdiz

E Engulo A Matriz

De Pedra Lavada

Com O Sangue Do Karma

 

O Karma Do Mundo

O Karma Desgraça

Cara Sentença

Viva Doença

Livro Aberto

Da Deusa Madrugada

 

Dançando Vou Indo

Dançando Estou Vindo

Vitórias Amargas

Derrotas Aliadas

A Semente Plantada

A Desgraça Aguardada

 

Dançando Por Aí

Dançando Por Aqui

Lá Vem A Rainha

Romance Das Trevas

Madrugadas De Beijos

Mulheres Para Mim

 

E Ela Me Pega

E Ela Tem Danças

E Abre As Pernas

Eu Enfio Meu Pau

Penetro Bem Nela

E Danço Dentro Dela

 

Gozando Vou Vendo

Um Crânio Em Mesas

E O Crânio É Meu

Crânio Sedoso

Crânio Raspado

Crânio Prendado

 

Gozei E Morri

Entre As Pernas

Da Rainha

Ah

Que Dança

Madrugada Só Minha

 

Gozar E Morrer

Entre As Pernas

Da Rainha

Trevas E Caos

A Centelha Divina

Da Minha Cova Querida

 

Gozo E Morro

Entre As Pernas

Da Rainha

Deusa Madrugada Linda

Observando Meu Crânio

Rachando Agora

 

Dançar E Gozar

Dançar E Morrer

Vaidoso Eu Gozo

Vaidoso Eu Morro

A Madrugada Comigo

E Eu Não Peço Um Sopro

 

Inominável Ser

DANÇANDO E GOZANDO

EM SEU CRÂNIO

DE MORTO

NA MADRUGADA CANTORA

 

 

 

 

 

 

 

Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: