quarta-feira, 25 de março de 2009

Derramai O Meu Sangue, Meu Amigo Satan!!!



Derramai o meu sangue,
Meu amigo Satan,
Por sobre os meus
Malditos inimigos,
Que a escória se reduza
Diante do meu odioso giro
Com a vida maldita de cada um
Envolta pela minha danosa alma!!!

Derramai o meu sangue,
Meu amigo Satan,
Pelos fracos que morrem
Diante dos que pensam
Que a sua crueldade
Os faz fortes,
Para que o vermelho
Do meu sangue
Os torture pelo infinito
De todas as suas próximas
Malditas existências!!!

Derramai o meu sangue,
Meu amigo Satan,
Nas cabeças dos corrompedores
De crianças,
De mulheres,
De homens,
De idosos,
Fazendo-os aterrorizados
Diante de todas as malditas luzes
Dos dias ensolarados,
Diante de todas as malditas luzes
Das noites tempestuosas!!!

Derramai o meu sangue,
Meu amigo Satan,
Nos que são um câncer
Para a sociedade,
Nos que roubam o pão
Dos miseráveis,
Nos que fortalecem
Os traficantes vorazes,
Nos que com seu dinheiro,
O lixo do maldito dinheiro,
Aniquilam uma Humanidade
Que em verdadeira evolução
Poderia estar!!!

Derramai o meu sangue,
Meu amigo Satan,
O círculo está aberto
Em redor de toda a escória
Dos meus inimigos desgraçados,
Todos od desgraçados
Da esfera terrestre,
Todos os desgraçados
Corrompedores
E corrompidos
Da imunda face da Terra.
Lixos existenciais
Presentes todos
E respirantes todos
Dos mais infectantes
Ares desgraçadamente
Constituidos pelos vapores
Das lamas
E dos lodos
E dos pantânos
Da civilização contemporânea!!!

Derramai o meu sangue,
Meu amigo Satan,
Em holocaustos ofereço
As cabeças dos desgraçados
Que aniquilam ao mundo,
Este mundo no qual tu és
Apenas mais um caminhante
E não um terrível tentador
Crido pelos religiosos,
Estes que são parte também
Da escória
Pois todas as religiões
São redutos da escória
Servindo ao Deus da escória,
Deus falso,
Deus maldito,
Deus miserável!!!

Derramai o meu sangue,
Meu amigo Satan,
Meu Satan Interior,
Vivente aqui
N'alma minha,
Sobrevivendo em meus
Versos lunáticos,
Sendo-me
A Potência Verdadeira
Dos meus passos,
Sendo-me
O Cetro E A Coroa
Do meu egocêntrico império
De ódio,
De rancor,
E de algum amor
Pelo verdadeiro evoluir
Da Humanidade!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

DERRAMAI O MEU SANGUE,
MEU AMIGO SATAN!!!

Inominável Ser
AMIGO DE SATAN







Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: