terça-feira, 10 de março de 2009

Reais Brinquedos E Fantoches


Determinados aos instantes

de destrutivos limites

dos nossos horizontes,

somos humanos

e assim estamos,

somos humanos e

assim mesmo

estamos,

joguetes de monstros,

os monstros que nós

somos

e nos tornamos,

monstros que estupram,

monstros que esquartejam,

monstros que são indiferentes,

monstros que não se importam

com as Eloás várias,

com os Joões Hélios vários,

com as Alanas várias,

com os milhões de assassinados

pela violência

de um país

e de um mundo

de desgraçados!


Somos reais brinquedos,

ora,

nós somos mesmo

brinquedos,

brinquedos das mentiras

que inventamos,

a mentira principal sendo

a de que temos

um Deus que nos ama,

não existe Deus,

não existe Pai,

não existe Senhor Altíssimo,

existem apenas

Princípios Destruidos,

A Queda

nos tornou mentirosos

e temos medo de afirmar

aos quatro cantos

deste desgraçado país

e deste desgraçado mundo

que Deus

é mentira com a qual

brincamos

para nos divertir

e recorrermos quando

enfraquecidos,

e como somos fracos,

como somos,

crendo em um ídolo

de barro!


Neste momento,

alguém no Brasil,

alguém no mundo,

é estuprado!


Neste momento,

alguém no Brasil,

alguém no mundo,

é esquartejado!


Neste momento,

alguém no Brasil,

alguém no mundo,

é torturado!


Neste momento,

enquanto isto aqui lemos,

alguém no Brasil,

alguém no mundo,

recebe em si

a desgraça de ser

um brinquedo de si mesmo,

a desgraça de ser

um fantoche de si mesmo,

Real Brinquedo,

Real Fantoche!


E nós,

o que somos

também?


Também não brincamos

com os nossos destinos

crendo na

porra inexistente,

na merda resistente,

no lixo presente,

de um Deus Único,

à beira de sermos

também

vítimas de um

estupro,

de um

esquartejamento,

de uma

tortura,

de toda morte

violentíssima

e inútil?


O QUANTO

AINDA

BRINCAREMOS,

SERES

HUMANOS,

O QUANTO

AINDA

BRINCAREMOS???


O QUANTO

AINDA

BRINCAREMOS???


O QUANTO

AINDA

BRINCAREMOS???


O QUANTO

AINDA

BRINCAREMOS???


Desde que

passei a odiar

acima de tudo

ao tal do

Deus Único

eu parei

de brincar.


Quando vós,

seres humanos,

odiarão a essa mentira

de Deus Único

e pararão

de brincar?


Inominável Ser

SEM

BRINCADEIRAS







Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: