domingo, 29 de novembro de 2009

O Livro Inominável Dos Vampiros - Canto XIV


As Rubras Cores

Do Eterno Prazer

Intensificam O Anoitecer

Da Sagrada Noturna Beleza

Que Ela Traz

Lá De Onde Origina-Se

A Eternidade.

Eterna,

Eterna Volúpia,

Eterna Voz

Das Eternas Carnes,

Uma Senhora Ensinando

O Êxtase,

Uma Senhora,

A Senhora De Êxtases

Sendo O Potente Vício

Dos Vampiros Reais.

Sedutora Corrente,

Senhora Da Sedução

Das Estelares Verdades

Das Constelações

Da Serpente.

Êxtase

Ela É,

Mortais

E Imortais,

Ensinando A

Feitura Da Fagulha

Da Gigantesca Fogueira

Da Eternidade

Aos Vampiros Reais

Acendedores De

Fogueiras Reais.

Êxtase

Ela É,

Mortais

E Imortais,

Ensinando A

Intensidade Da Fagulha

Da Gigantesca Fogueira

Da Eternidade

Aos Vampiros Reais

Intensos Nas

Fogueiras Reais.

Êxtase

Ela É,

Mortais

E Imortais,

Ensinando A

Afirmação Da Fagulha

Da Gigantesca Fogueira

Da Eternidade

Aos Vampiros Reais

Afirmadores Das

Fogueiras Reais.

Êxtase

Ela É,

Mortais

E Imortais,

Ensinando A

Exaltação Da Fagulha

Da Gigantesca Fogueira

Da Eternidade

Aos Vampiros Reais

Exaltantes Das

Fogueiras Reais.

Êxtase

Ela É,

Mortais

E Imortais,

Ensinando A

Religião Da Fagulha

Da Gigantesca Fogueira

Da Eternidade

Aos Vampiros Reais

Religiosos Das

Fogueiras Reais.

Êxtase

Ela É,

Mortais

E Imortais,

Ensinando A

Ronda Da Fagulha

Da Gigantesca Fogueira

Da Eternidade

Aos Vampiros Reais

Na Ronda Das

Fogueiras Reais.

Êxtase

Ela É,

Mortais

E Imortais,

Ensinando A

Roda Da Fagulha

Da Gigantesca Fogueira

Da Eternidade

Aos Vampiros Reais

Na Roda

Das Fogueiras Reais.

Êxtase

Ela É,

Mortais

E Imortais,

Ensinando A

Rosa Da Fagulha

Da Gigantesca Fogueira

Da Eternidade

Aos Vampiros Reais

Colhendo A Rosa Das

Fogueiras Reais.

Êxtase

Ela É,

Mortais

E Imortais,

Ensinando A

Onda Da Fagulha

Da Gigantesca Fogueira

Da Eternidade

Aos Vampiros Reais

Nadantes Nas

Fogueiras Reais.

A Senhora De Êxtases,

Inebriada...

A Senhora De Êxtases,

Inebriante...

A Senhora De Êxtases

A Inebriar...

Inebria-Te,

Mortal...

Inebria-Te,

Imortal...

A Bebida

É

Mística...

A Bebida

É

Cósmica...

A Bebida

É

Alta...

A Bebida

É

Salvadora...

A Bebida

É

Esta

Senhora De Êxtases

Aqui

A

Beber-Nos,

Mortais

E

Imortais...

Bebam,

Mortaisd,

No Corpo

Dela,

Nas Curvas

Da Senhora De Êxtases

Oferecendo-Se

Aos Vossos

Ocultos

Desejos Imortais...

Bebam,

Imortais,

Olhem Como Ela,

A Senhora De Êxtases,

Oferece O Corpo

Redentor

E Eternamente

Senhor Dos Prazeres

Do Acima Das Vidas

E Das Mortes

Para Os Vossos

Realizados

Desejos Imortais...

Dança O Êxtase...

Bebam,

Dancem,

Prazerosos,

Como Bebem

E

Como Dançam

Os Vampiros Reais!

Dança O Êxtase...

Mordam,

Morram,

Prazerosos,

Como Mordem

E

Como Morrem

Os Vampiros Reais!

Dança O Êxtase...

Dilacerem,

Vivam,

Prazerosos,

Como Dilaceram

E

Como Vivem

Os Vampiros Reais!

Dança O Êxtase...

Exacerbem,

Ressuscitem,

Prazerosos,

Como Exacerbam

E

Como Ressuscitam

Os Vampiros Reais!

Dança O Êxtase...

Arranquem,

Explorem,

Prazerosos,

Como Arrancam

E

Como Exploram

Os Vampiros Reais!

Dança O Êxtase...

Roubem,

Absorvam,

Prazerosos,

Como Roubam

E

Como Absorvem

Os Vampiros Reais!

Dança O Êxtase...

Carreguem,

Joguem,

Prazerosos,

Como Carregam

E

Como Jogam

Os Vampiros Reais!

Dança O Êxtase...

Expurguem,

Acorrentem,

Prazerosos,

Como Expurgam

E

Como Acorrentam

Os Vampiros Reais!

Dança O Êxtase...

Demonstrem,

Aniquilem,

Prazerosos,

Como Demonstram

E

Como Aniquilam

Os Vampiros Reais!

Com A Delícia

Das Altitudes

Da Imortalidade,

A Delícia

Da Vampírica Altitude

Da Universalidade,

Ela Roça As Existencialidades

Dos Sonhos

E Realidades

Vampiricamente

Amáveis!

Aos Vampiros Reais,

A Mãe Dos Êxtases

Nos Sepulcros Existenciais

Alimenta Céus,

Alimenta Infernos,

Faz Nascer

Um Anjo De Afiadas

Mandíbulas

E Negras Asas,

Faz Nascer

Um Demônio De Desafiadoras

Mandíbulas

E Rubras Asas,

No Cemiterial Ser

Deles

Em Cova Abismal

De

Infinitas Covas!

Maravilhosa,

Ela,

Lânguida,

Explosiva,

Dinamitando Os Pensamentos

Da Existencial Pequeneza

Incita Aos

Seus Filhos Em Êxtases

Amigos Do Abismo

Ao Grandioso Eterno Momento

Da

Ascensão,

Da

Ascensão,

Da

Ascensão,

Da

Ascensão,

Da

Ascensão,

Da

Ascensão,

Da

Ascensão,

Da

Ascensão,

Da

Ascensão

Ao Trono

Dos Eternos Êxtases

Abismais!

Ginga

A Senhora De Êxtases

Da Capoeira Universal,

Aos Universos

Ela Leva A Mensagem

Que Revela Livros

Da Unidade Em Êxtase

Gravitando No Universo

Da Poeira Nos Pés

Dos Vampiros Reais!

Ó,

Gingado De Êxtases

Universais!

Ela Ginga

Na

Luta Real!

Capoeira

De Sangue,

Eterna Luta

Do

Vampirismo Real!

Ó,

Gingado De Êxtases

Universais!

Ela Ginga

Na

Luta Real!

Capoeira

De Todo Sangue,

Eterníssima Luta

Do

Vampirismo Real!

Ó,

Gingado De Êxtases

Universais!

Ela Ginga

Na

Luta Real!

Capoeira

De Sangue,

Infinita Luta

Do

Vampirismo Real!

Ó,

Gingado De Êxtases

Universais!

Ela Ginga

Na

Luta Real!

Capoeira

De Sangue,

Infinitíssima Luta

Do

Vampirismo Real!

Ó,

Gingado De Êxtases

Universais!

Ela Ginga

Na

Luta Real!

Capoeira

De Sangue,

Grande Luta

Do

Vampirismo Real!

Ó,

Gingado De Êxtases

Universais!

Ela Ginga

Na

Luta Real!

Capoeira

De Sangue,

Grandiosíssima Luta

Do

Vampirismo Real!

Ó,

Gingado De Êxtases

Universais!

Ela Ginga

Na

Luta Real!

Capoeira

De Sangue,

Amável Luta

Do

Vampirismo Real!

Ó,

Gingado De Êxtases

Universais!

Ela Ginga

Na

Luta Real!

Capoeira

De Sangue,

Amabilíssima Luta

Do

Vampirismo Real!

Ó,

Gingado De Êxtases

Universais!

Ela Ginga

Na

Luta Real!

Capoeira

De Sangue,

Única Luta

Do

Vampirismo Real!

E Os Ferimentos

Vão Além

Da Esfera

De Toda Vampírica

Alma Imortal!







quinta-feira, 26 de novembro de 2009

O Livro Inominável Dos Vampiros - Canto XIII


Sombras Chegam

Da Imensidão

Da Força Oculta

Nos Véus Universais,

Há Sangue Sorrindo

Em Cada Uma Delas,

Cada Sangue Sorridente

É Uma Sombra Aberta

Às Mares Lunares

Negras

Das Galáxias Obscuras.

Sentem Vosso Sangue

Sorrir,

Mortais

E Imortais?

Sintam O Sorriso

Do Sangue...

Sintam O Sorriso

Das Sombras...

Sangue

E

Sombras,

Mortais

E Imortais...

Todo

Sangue

E

Toda

Sombra,

Mortais

E Imortais...

Sangrar,

Mortais

E Imortais...

Sombras,

Mortais

E Imortais...

A Senhora De Sombras,

Senhora Do Sangue

Nas Sombras,

Senhora Das Sombras

No Sangue,

Face De Sombras

Ela Possui,

Face De Sangue

Ela Consome.

Ó,

Ela É

A Grande Sombra!

Ó,

Ela É

A Grande Sombra

Do Sangue!

Do Vosso Sangue,

Mortais!

Do Vosso Sangue,

Imortais!

Do Vosso Sangue,

Vampiros Reais!

A Do Negro Rosto

Ela

É!

A Da Pele

Da Cor Das

Estrelas

Mais Jovens

Ela

É!

A Senhora De Sombras,

Viajante Senhora

Das Luzes Sepulcrais!

A Vela Acesa

Aos Pés

Dos

Vampiros Reais!

A Senhora De Sombras,

Viajante Senhora

Das Luzes Abortantes!

A Vela Apagada

Aos Pés

Dos

Vampiros Reais!

A Senhora De Sombras,

Viajante Senhora

Das Luzes Sufocantes!

A Vela Sendo Acesa

Aos Pés

Dos

Vampiros Reais!

A Senhora De Sombras,

Viajantwe Senhora

Das Luzes Assassinantes!

A Negra Vela

Aos Pés

Dos

Vampiros Reais!

A Senhora De Sombras,

Viajante Senhora

Das Luzes Abismais!

A Branca Vela

Aos Pés

Dos

Vampiros Reais!

A Senhora De Sombras,

Viajante Senhora

Das Vozes Abismais!

A Rubra Vela

Aos Pés

Dos

Vampiros Reais!

A Senhora De Sombras,

Viajante Senhora

Das Jornadas Abismais!

A Cinzenta Vela

Aos Pés

Dos Vampiros Reais!

A Senhora De Sombras,

Viajante Senhora

Dos Mundos Abismais!

Ah,

Grande Sombra

Magnífica

Nas Sombras,

Eternas Sombras,

Dos Vampiros Reais!

Ah,

Senhora De Sombras,

Grande

Mãe,

Grande

Ser,

Grande

Ver,

Grande

Ter!

Ah,

Senhora De Sombras,

Grande

Raio,

Grande

Chuva,

Grande

Nado,

Grande

Alvorecer!

Espírito Nas Sombras

Dos Mundos!

Espírito Nas Sombras

Das Esferas!

Espírito Nas Sombras

Dos Universos!

Espírito Nas Sombras

Da Criação!

Espírito Nas Sombras

De Todas As

Anteriores Criações!

Ela,

A Senhora De Sombras,

O Espírito No Espírito

Dos Vampiros Reais,

Agarrando-Se Às Mandíbulas

Dos Sentidos Espectrais

Nascidos Dos Passos

De Cada Um Dos Seus Filhos

Nos Caminhos

E Descaminhos

E Estradas

E Desertos

Da Multiversal Realidade

Fundamental!

Em Seus Passos,

Mortais

E Imortais,

Os Passos

Da Senhora De Sombras,

A Sombra Da Unidade

Se Faz

Apresentável

A Cada

Vampiro Real!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Vielas

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombrasd

Em Redor

Das Obscuras Serras

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Florestas

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Fendas

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Fossas

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Águas

Dos Invisíveis Munsdos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Montanhas

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Cidades

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Irmandades

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Felicidades

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Forças

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Promessas

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Sentenças

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Sendas

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Coroas

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Vestes

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Torres

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Imperatrizes

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Raízes

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Sacerdotisas

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Temperanças

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Falam De Sombras

Em Redor

Das Obscuras Luas

Dos Invisíveis Mundos,

É Ela,

A Sombra De

Todos Os Vampiros!

Ela Está

Também

Em Vossdas Sombras,

Mortais

E Imortais,

A Vampírica Semente

Adormecida Está

Em Todos Os Seres

Conscientes

De Seu Ser

E De Seu Estar!

Toda Sombra

É Um Vampiro

Que Nos Segue

E Persegue,

Suas Vozes

Sempre São

Noturnos Coros

De Obscuras Mensagens

A Falarem Do Poder

Da Eterna Obscuridade

Dela

Que É

A Senhora

De Cada Uma!

Toda Sombra É

Um Vampiro Dançante

Junto Com Uma

Senhora De Êxtases,

A Formosa

Terceira Mãe

Dos

Vampiros Reais

Aproximando-se Dos

Impetuosos Castelos

Das Criptas Abertas

Nos Ares

Da Eterna Dança

Das Terras Que Sangram

Aqui

E

Lá!