sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

O Livro Inominável Dos Vampiros - Canto XVI


Suicídio

Na Expressão

Das Terras

Das Trevas.

Suicídio

Na Exatidão

Da Altitude

Das Serras.

Suicídio,

Mortais,

Na Concepção Do Maior

Dos Triunfos

Existenciais.

Nós,

Os Vampiros,

Os Triunfantes:

Triunfantes

Sobre Qual Patamar

Acima Do Comum

Suicidante?

Nós,

Os Vampiros,

Os Campeões De Todos

Os Infinitos,

Os Campeões De Todas

As Eternidades:

Campeões

Sobre Qual Campo

Acima Do Jogar

Suicidante?

O Triunfo

Do Sangue...

O Belo

Triunfar

Do Sangue

Mais Alto

Eterno...

A Vitória

Do Sangue...

A Bela

Vitória

Do Sangue

Que Forma

O Negro Mar

No Qual Nos

Banhamos...

Sorte,

Não,

Mortais,

Imortais Não Possuem

A Tolice Da Crença

Na Sorte,

Nós Somos Sobreviventes

De Mundos Nos Quais

A Caça Era

Retumbante

E O Brilho

Dos Negros Metais

Refletia Nossos Rostos

Banhados Em Sangue!

Sorte,

Mortais?

Nós,

Vampiros,

Temos Sorte

Ao Escaparmos

Dos Suicídios

Dos Males Materiais?

Sorte,

Mortais?

Nós,

Vampiros,

Temos Sorte,

A Tola Sorte,

Ao Escaparmos

Dos Túmulos Todos

Da Material Mentira

Que Vos Concede

O Fraco Respirar?

Sorte,

Mortais?

Nós,

Vampiros,

Temos A Vossa

Sorte,

Amaldiçoada

Sorte,

Entorpecente

Sorte,

Uma Sorte Que

Apenas Ilude

As Fracas Criaturas

Que São Pó

Como Cada Um

De Vós?

Sorte,

Mortais?

Suicidas

De Sorte,

Mortais?

Suicidas

Da Sorte,

Mortais?

Suicidas...

Nós,

Vampiros,

Os Verdadeiros

Suicidas

Da Criação...

Rompemos Os Laços

Com O Anti-Natural.

Rompemos Os Laços

Com O Egrégora Inferior

Que Não É

O Verdadeiro Criador

De Todos Nós.

Rompemos As Correntes

Que Nos Atavam

Ao Cântico Da Voz

Que Nos Puxava

Para O Lado

Da Encantante

Força Do Deteriorar.

Vampiros,

Os Verdadeiros Suicidas:

Cortamos Nossos

Pescoços

Com A Lâmina

Da Espada

Da Verdadeira Vida.

Vampiros,

Os Verdadeiros Suicidas:

Cortamos Nossos

Pulsos

Com A Lâmina

Da Espada

Da Verdadeira Alegria.

Vampiros,

Os Verdadeiros Suicidas:

Cortamos Nossas

Cabeças

Com A Lâmina

Da Espada

Da Verdadeira Paz.

Vampiros,

Os Verdadeiros Suicidas:

Pomos Fogo

Em Nossos Corpos

Com As Chamas

Do Fogo

Da Verdadeira Justiça.

Vampiros,

Os Verdadeiros Suicidas:

Jogamos As Nossas

Cinzas

Aos Pés

Do Verbo Natural.

Conjugamos

O Suicidar...

Uma Vez

Pelo

Grande Sangrento

Mar...

Conjugamos

O Suicidar...

Duas Vezes

Pelo

Grande Sangrento

Mar...

Conjugamos

O Suicidar...

Três Vezes

Pelo

Grande Sangrento

Mar...

Na Quarta Conjugação,

Estamos Diante

Do Templo

Do Sangrento Lar...

Na Quinta Conjugação,

Estamos Diante

Dos Sacerdotes

Do Templo

Do Sangrento Luar...

Na Sexta Conjugação,

Estamos Diante

Do Templo

Do Sangrento Sol...

Na Sétima Conjugação,

Estamos Diante

Dos Sacerdotes

Do Templo

Do Sangrento Pó...

Na Oitava Conjugação,

Estamos Diante

Do Templo

Do Sangrento Abismo...

Na Nona Conjugação,

Estamos Diante

Dos Sacerdotes

Do Templo

Do Sangrento Riso...

O Riso...

Aquele Riso...

Aquele Grande Riso...

O Riso...

O Maior Riso...

O Eterno Riso...

O Riso...

Gélidas Faces

Iluminadas

Por Um Riso

Que Ecoa Nas

Sombrias Praças

Da Guerra Oculta

Que Há...

Sangue

Caindo...

Sangue,

Mortais,

Caindo,

Da Face Do Aldeão

Das Sombras,

Este Que Guarda

As Vilas Sem Almas

Das Esferas De Prata...

E

O Riso...

O Riso...

Ouvem,

Mortais,

O Riso?

Ousam

Ouvir,

Mortais,

O Riso?

Podem

Ouvir,

Mortais,

O Riso?

O Riso...

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Akdralok

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Nebula

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Zakulahr

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Zaneron

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Abalahr

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Janesha

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Havesh

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Iemale

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Male

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Jahren

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Galyu

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Rymahor

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Gador

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Lamu

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Lamura

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Alegun

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Mammur

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Ragun

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Namun

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Falan

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Lutha

Ri!

O Riso

Da Eternidade

Do Vampírico

Suicídio!

Ralyr

Ri!

Os Mestres

Supremos E Absolutos

Do Sangue Universal,

Os Alquimistas

Supremos E Absolutos

Do Sangue Da Criação,

Os Vinte E Dois

Soberanos

Do Sangue Uno,

Os Pais

Dos Vampiros Reais,

A Alta Estirpe

Vampírica,

A Primeira Escala

Vampírica,

Os Primeiros Filhos

Do Pai

De Todos Os Vampiros,

São

O Riso

São

O Riso

São

O Riso

São

O Riso

São

O Riso

São

O Riso

São

O Riso

São

O Riso

São

O Riso

E

O Suicídio

Para

O Real

O Suicídio

Para

O Real

O Suicídio

Para

O Real

O Suicídio

Para

O Real

O Suicídio

Para

O Real

O Suicídio

Para

O Real

O Suicídio

Para

O Real

O Suicídio

Para

O Real

O Suicídio

Para

O Real

!!!

E Os Retratos

De Todos Nós,

Os Vampiros

Reais!










Reações:

1 Lamentos Finais De Cadáveres:

非凡 disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^