sábado, 6 de novembro de 2010

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - Feixes De Um Raio Sonhado


Singularidades nas flores podres

Das florestas de árvores ressecadas

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Pluralidades na mão Dela erguida

Buscando o não-podre aquoso

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Há uma Hora entre as noites e as noites

Que se parece com uma tarde mui silenciosa

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Ela adota a postura das Deusas Que Clamam

Talvez por um pedaço do que ficou na caixa de Pandora

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Gigantescamente Ela pede com a mão a agarrar

Algo que pode ser um feixe de um raio sonhado

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Feixes de um Raio sonhado caem para Ela

E em seu ato Ela pode tentar pegá-los

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Vejo que Ela se desencanta com aquilo a fazer

Os feixes escorrem para fora de sua mão

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Ela não pede a minha ajuda de maneira alguma

Ela não pede a mais ninguém ajuda em suas tentativas

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Espontânea chave de dignidades naquela mão Dela

Explosiva forma de deidades naquela mão Dela

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Há muito que A vejo ali naquela tentativa

Há muito que Ela ali está a tentar agarrar os feixes

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Pântanos cheios de escorpiões em redor

Chuvas torrenciais aos montões a cairem

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Tempos Passados Tempos Futuros Tempos Presentes

Tempos Repassados Tempos Sem-Início Não-Tempo

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


E Ela ali continuando em sua tentativa

E eu sempre admirando-Lhe a forma de tentar

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Não rias dela humano idiota que estás aí a rir

Ela não é como tu a esquentar a cadeira com o próprio rabo

A nada tentar


Ela tenta para si mesma


Eu tento para mim mesmo


Os Inomináveis tentam para si mesmos


Que tal tu tentardes

Para ti mesmo?


Cai

O

Raio

Cai

O

Raio

Cai

O

Raio


Inominável Ser

TENTANDO






Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: