sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - Bem Dentro Do Mais Profundo Ferimento


Nossas feridas,

Inominável Irmã

Maltratada Pela Existencialidade,

destilam odores que encantam

os Lobos Abismais.


Nossas feridas,

Inominável Irmã

Desprezada Pela Luz,

destilam odores que enfurecem

os Leões Abismais.


Nossas feridas,

Inominável Irmã

Vomitada Pelo Kosmos,

destilam odores que alimentam

os Abutres Abismais.


Nossas feridas,

Inominável Irmã

Gerenciada Pela Deusa Desgraça,

destilam odores que transcendem

os fedores dos Pântanos Abismais.


Nossas feridas,

Inominável Irmã

Beijada Pela Deusa Maldição,

destilam odores que atraem

Lamentação e Perturbação.


Nossas feridas,

Inominável Irmã

Abraçada Pela Deusa Miséria,

destilam odores que seduzem

O Caos e A Escuridão.


No entanto,

Inominável Irmã

Do Berço Da Deusa Mãe Escuridão,

há uma ferida maior...


No entanto,

Inominável Irmã

Do Berço Da Deusa Mãe Madrugada,

há uma ferida colossal...


No entanto,

Inominável Irmã

Do Berço Da Deusa Mãe Solidão,

há uma ferida eterna a gritar...


Dentro de nossa suprema eterna ferida,

Inominável Irmã

Sublimemente Infeliz,

aprendemos a ouvir...


Dentro de nossa absoluta eterna ferida,

Inominável Irmã

Dignamente Angustiada,

aprendemos a cantar...


Dentro de nossa inefável eterna ferida,

Inominável Irmã

Cadenciadamente Silenciosa,

aprendemos a dançar.


Ouvimos

A Música

Do Nosso

Fim.


Cantamos

O Cântico

Do Nosso

Fim.


Dançamos

A Melodia

Do Nosso

Fim.


E isto,

Inominável Irmã

Eternamente Finalizada,

é A Ferida Que Nos Constitui.


A Ferida eternamente exposta,

A Ferida eternamente fedorenta,

A Ferida eternamente dolorosa,

A Ferida eternamente contagiosa...


Inominável Ser

ETERNAMENTE FERIDO

COMO SUA

INOMINÁVEL IRMÃ

ETERNAMENTE FERIDA

Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: