segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - Situemos Nossa Sina Em Um Palco De Terror


Entre as Inomináveis

eu me encontro,

parado diante de um palco,

assistindo a um tremendo

espetáculo de sangue

dirigido por um operante

de nome quase

pronunciável.


Há gigantes vendendo

romances baratos

e prostitutas vigilantes

de cafetães enrabados,

assim como ratos, baratas,

mosquitos, escorpiões, cobras

e cupins

infestando a sala

e subindo e descendo

por todos nós.


Não nos importamos

e continuamos assistindo

ao espetáculo,

encenações de reais

produções do mundo,

atos de grandes interpretações,

atrizes e atores

que encantam as mais sombrias

gerações.


A exploração age em um ato,

uma pica encenando

estupros

de mulheres,

de homens,

de crianças,

de idosos...


A enganação age em dois atos,

altares religiosos encarnando

a mentira,

a falsidade,

a imbecilidade,

a fraqueza,

a hipocrisia,

a nulidade...


A infantilidade em três atos

na mídia,

propaganda e marketing

do consumo,

do nada,

do esgoto,

do engodo,

do entorpecimento,

do esquecimento,

do ilusionismo...


A alegria em ser gado

encenada em quatro atos

pela grande maioria

da Bovina Humanidade,

seres humanos

enganados,

enrolados,

desestruturados,

incapacitados,

inferiorizados,

negativizados,

desencaminhados,

viciados,

desvirtuados...


A Deusa Infelicidade

encenada em cinco atos

na História da Humanidade,

desta terrestre fodida

Humanidade...


A Deusa Inferioridade

encenada em seis atos

na História da Humanidade,

desta terrestre tão fodida

Humanidade...


A Deusa Incapacidade

encenada em sete atos

na História da Humanidade,

desta terrestre absoluta fodida

Humanidade...


O Deus Desespero

encenado em oito atos

na História da Humanidade,

desta terrestre absurda fodida

Humanidade...


O Deus Medo

encenado em nove atos

na História da Humanidade,

desta terrestre inglória fodida

Humanidade...


A Deusa Procrastinação

encenada em Eterno Ato

na História dos Inomináveis,

estes terrestres eremitas fodidos

querendo,

mesmo ao procrastinar,

alertar a esta terrestre

eternamente fodida

Humanidade...


O espetáculo por nós assistido

é delirantemente

e lamentavelmente

um cântico de abatida ave

sussurrante e cativante

de lobos ululantes.


Inominável Ser

ESPECTADOR

DA

DESGRAÇA

CONTEMPORÂNEA

Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: