sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - O Véu Da Treva Que Canta A Chama Da Terra




Pergaminhos nos cemitérios

são desenterrados,

arrastando consigo o pó

de todos aqueles

que recitaram

os mais horrendos cânticos

aos Infernos.

Ei-lo escavando,

Ele,

O Diabo,

o mais sonoro saboroso

fermento de um bolo

que cresce e se chama

mundo.

Ao lado Dele,

Aquela De Negros Olhos

Que São A Própria Treva

Do Mundo,

a romper os lacres

dos pergaminhos

e a recitar novamente

as horrendas receitas

de um bolo chamado

Mistério Da Chama

Da Terra.

Aquela De Negros Olhos

esconde-se sob o Véu

Da Treva Inominável Maior,

encantando Os Assombros

e Os Estranhos,

encostando-se aos ossos

dos rebeldes,

dos libertinos

e dos revoltados,

liberando o ódio

dos Brutalizados,

dos Bestiais

E Dos Carrascos.

Demônios,

Vampiros,

Licantropos,

Duendes Das Trevas,

Gnomos Das Trevas,

Obsessores,

Corruptores e

toda a Ordem

de Filhos Da Grande

Noite,

Navegantes Noturnos

Do Grande Mar,

silenciosamente unem-se

para ouvir uma da Treva

a cantar sobre A Chama.

Aquele Que Vem

Para Roubar,

Para Matar

E Para Destruir

senta-se diante Dela

apenas para ouvir

os cânticos que ressoam

quando as sombras de

todas as moradas

desenham pela Terra

A Face Obscura

Da Divina Gaia.

Espíritos imundos dançam,

As Mães Perversas estão livres,

Os Pais Corrompidos passeiam,

Os Filhos Encontráveis matam,

Os Anjos Caídos,

como eu,

Inominável Serpentino Ser

desgraçado,

maldito

e miserável,

procuram Suas asas

na lama,

no lixo,

no esgoto,

no pântano,

no deserto

e na privada.

A Voz Daquela

De Negros Olhos

ressuscita a cada noite

uma antiga desolação,

está queimando

a Terra,

está crucificando

a Terra,

está torturando

a Terra,

está aprisionando

a Terra,

está perturbando

a Terra,

está estremecendo

a Terra,

está arruinando

a Terra,

está quebrando

a Terra,

está amaldiçoando

a Terra...

Mas,

como amaldiçoar

um mundo que

maldito é desde seu

nascimento?

Por que digo

que Ela amaldiçoa

a Terra,

um mundo já por sua

própria natureza

plenamente amaldiçoado?

Porque estou bebendo

o champanhe da destrutiva

força que não pode ser

classificada,

uma Força Inominável,

A Força Da Treva Inominável

Que Canta A Chama

Da Terra,

uma Chama acesa

pelo Diabo

em todos os cemitérios

e que Aquela De Negros Olhos

espalha por todo o mundo

em Sua cantoria

cheia de maldição

e de glórias?


Eu ouço

e não temo.


Eu ouço

e não tremo.


Eu ouço

e não estou a gemer.


Eu ouço

e estou bêbado,

bêbado e a ser envolto

pela Treva

e pela Chama

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

cantando

A Derrota Da Humana

História.


E ainda ouso

erguer O Véu...


Inominável Ser

AQUELE QUE

BÊBADO

CANTA A CHAMA

DA TERRA

Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: