sábado, 1 de outubro de 2011

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - Nossa Primeira E Única Esperança


Nossa primeira e única esperança

não está no carro do ano

que almejamos comprar.


Nossa primeira e única esperança

não está na roupa cara

que almejamos trajar.


Nossa primeira e única esperança

não está nas jóias caras

que almejamos portar.


Nossa primeira e única esperança

não está no diploma universitário

que possamos conseguir.


Nossa primeira e única esperança

não está no primeiro milhão

que possamos alcançar.


Nossa primeira e única esperança

não está na foda perfeita

que possamos realizar.


Nossa primeira e única esperança

não está na família bonitinha ou não

que possamos construir.


Nossa primeira e única esperança

não está nos filhinhos bonitinhos ou não

que possamos gerar.


Nossa primeira e única esperança

não está na velhice bonitinha ou não

que possamos ter.


Nossa primeira e única esperança

não está na maior das festas

que possamos dar.


Nossa primeira e única esperança

não está na maior das honrarias

com a qual possam nos premiar.


Nossa primeira e única esperança

não está presente na vida,e, sim,

na morte.


Nossa primeira e única esperança,

a da felicidade, sim, a felicidade,

está dentro da nossa morte.


Nossa primeira e única esperança

está no momento de nossa morte,

no romper do delicado fio de prata.


Nossa primeira e única esperança

está na frieza do túmulo, pois, neste

daremos início à Verdadeira Vida.


Nossa primeira e única esperança

está no cemitério, um lugar na Terra

que é o mais igualitário de todos os lugares.


Nossa primeira e única esperança

estará em nossas lápides, com sorte poderemos

encontrar O Verdadeiro Amor


após a morte.


Inominável Ser

TENDO A PRIMEIRA

E ÚNICA ESPERANÇA

DELE

NO AGUARDO DA

MORTE

Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: