quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - O Eterno Nascimento Da Noturna Nudez Das Eras




Em mais uma noturna viagem
ao Inferno,
ao Inferno detentor de toda
Noturna Roupagem Maior,
o meu,
o vosso
e o nosso
Inferno,
Noturna Irmã,
Noturno Irmão,
vou recebendo as mensagem
de um Grande Nascimento.

Não é mais um cordeirinho
do caralho
e nem um salvadorzinho
de merda do caralho
que nasce na Eternidade,
não,
Noturna Irmã,
Noturno Irmão,
O Nascimento,
O Eterno Nascimento,
É O Da Noturna Nudez
Das Eras.

Viemos aos mundos
para ficarmos parados
diante da sôfrega marcha
dos luzidios falsos
seguidores das falsidades
ideológicas,
morais,
filosóficas
e religiosas?

Eu não vim,
tu não viestes
e nós não viemos
a sermos de todos
os mundos
como cães imundos
revestidos de mesmices!

Nós,
Noturnos Filhos
Das Eras,
estamos nus diante
da Eterna Atmosfera
Cósmica Da Realidades
Novas!

Nós,
Noturnos Filhos
Das Eras,
estamos nus diante
da Face Da Inominabilidade
agitando as nossas
Interiores Trevas!

Nós,
Noturnos Filhos
Das Eras,
estamos nus para
A Ascensão Da Gloriosa
Noturna Roupagem
Da Verdadeira Vida
Dentro Da Deusa Escuridão
Que Nos Ama!

Nós,
Noturnos Filhos
Das Eras,
estamos nus para
nos alimentarmos
do Negro Manjar
Dos Noturnos Deuses
que ceiam nas
Mesas Da Eternidade
saboreando O
Cósmico Caos E A
Cósmica Ordem
Da Universalidade!

Nós,
Noturnos Filhos
Das Eras,
estamos nus para
utilizarmos as escamas
do Grande Dragão
Das Eras
a fim de fazermos
nossas Eternas Roupagens
Toda De Luzes
E De Trevas!

Nós,
Noturnos Filhos
Das Eras,
estamos nus,
sim,
todos nós estamos
Nus,
Nus para
A Verdadeira Viagem,
Nus para
A Verdadeira Verdade,
Nus para
A Verdadeira Abordagem,
Nus para
A Verdadeira Morte!

Nós,
Noturnos Filhos 
Das Eras,
estamos Nus
e mortos
para as tão
decadentemente
humanas
festas
cheias de hipocrisias
e mentiras
das mais eternas!

Nós,
Noturnos Filhos
Das Eras,
estamos Nus
e bebemos da
Grande Noturna 
Sabedoria
Advinda Do Respir
De Todas As
Amáveis Trevas!

Inominável Ser
NU
DIANTE
DAS AMÁVEIS
TREVAS

sábado, 14 de dezembro de 2013

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - A Inominável Noturna Amazona




Nobre Inominável
Noturna Amazona
cavalga com todos os
Garanhões Noturnos,
Os Garanhões
Negros
Da Eternidade.

Sua Nobreza
é de encontro com
A Inominável Nobreza
Cósmica,
Ela É Uma Dos
Antigos Cósmicos
Campeões.

Com A Espada
Que Tem A Lâmina Erguida
Sobre Todo Crepúsculo,
Ela cavalga
com a fronte altiva
toda frondosa.

Com O Escudo
Forjado Pelos Lampejos
Do Raio Cósmico Maior,
Ela cavalga 
segurando nas mãos
as Noturnas Rédeas.

Silenciosamente,
Ela segue pelas
Estradas Cósmicas
chegando a todo
Oculto Reino
para ser recebida.

Aqueles que recebem-Na
são os Senhores Da
Inominável Chama Cósmica,
Aqueles Que Erguem
A Cada Ciclo
Os Inomináveis.

Ela ganha mais
da Centelha Cósmica
para continuar
a cavalgar
pela Inominável Honra
e pela Inominável Glória.

E Ela cavalga,
cavalgará pela
Eternidade,
pelo Sem-Fim
Da 
Essencialidade.

Ela cavalga
e chega à Terra
trazendo aos
Senhores De Si Mesmos
A Energia
Criadora.

Ela,
A Energia
Mesma,
É A Inominabilidade
Sabendo Ser
Mais Inominável.

Ouçam,
são os cascos
das patas
do Garanhão Dela
batendo em vossas
covas...

Inominável Ser
OUVINDO
E VENDO
A INOMINÁVEL
NOTURNA
AMAZONA

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - A Mecânica Do Noturno Coração




O Noturno Coração
bate diferente
de todos os outros
Universais Corações...

As batidas Dele
são silenciosas...

As batidas Dele
são inaudíveis...

As batidas Dele
são impossíveis...

As batidas Dele
são probabilidades...

As batidas Dele
são possibilidades...

As batidas Deles
são proporcionalidades...

Ele bate
seguindo o bater
de todo
Noturno Coração.

Cada Noturno Coração
dos Noturnos Filhos 
vagando pela Noturna 
Ação.

Se tu és
Noturno Ser,
mortal,
sejas agora O Coração...

Sintas
O Coração batendo...

Sintas
O Coração ardendo...

Sintas
O Coração convocando...

O Noturno Coração,
tanto em mim
quanto em vós
e nesta aqui,

Noturna Irmã Nossa,

batendo Seu Coração
junto aos nossos,
seguindo os batimentos
Daquele Coração.

Batas,
Noturno Coração...

Batas,
Noturno Coração...

Batas,
Noturno Coração...

Assim como em todos
Os Inomináveis,
batas em todos os
Nomeáveis.

Batas
com fidelidade...

Batas
com sinceridade...

Batas
com profundidade...

Alcance a todos,
tanto das noites
quanto dos dias,
sem escolhas.

Batas...

Batas...

Batas...

Batas...

Batas...

Batas...

Batas...

Batas...

Batas...

Inominável Ser
SENTINDO AS
BATIDAS
DO NOTURNO
CORAÇÃO

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - Toda Heresia Encontra-Se Nela




Sobre heresias,
tenho algo
a dizer,
tenho algo
a aprofundar.

Como herege,
scmbriamente
costumo ter
o prazer imenso
de a tudo profanar.

Sou iconoclasta,
quebro estátuas
formadas por
nomes,
imagens
e párias.

Quebro a estrutura
da mundana gente,
do gado cultuador
de um desgraçado
crucificado
há dois mil anos.

Encontro nesses
momentos de heresia
tão libertadores,
A Inominável Heresia
No Ser De Uma
Inominável Profanada.

Ela é
a satânica que
deu certo,
a luciferiana
corretíssima
que não Caiu.

Ela é
a ponta da língua
dos ousados,
de todos aqueles
que enfrentaram
os éticos e moralistas.

Ela é
a Inominável Divindade
cultuada na sombra
e na treva
por cada herege
em todas as Eras.

Ela é
detentora dos desafios
aos Espaços
e aos Tronos,
tanto os do Alto
quanto os do Baixo.

Ela É
A Matéria
E O 
Espírito
Universais
Da Inominabilidade.

Ela É
Esta Heresia
Que Eu Sou,
A Heresia De Um
Inominável Ser
Que Te Agride.

Ela É
Esta Agressão,
Mortal,
Ao Vosso Sentido
De Crer
Em Vazios Vários.

Ela É
A Agressora
De Tuas Religiões,
De Tuas Seitas,
De Tuas Ordens,
Hospícios Vorazes.

Ela É
A Inominável Palavra
Da Verdade,
A Denunciante Verdade
Contida Nesta
Frase:

EXISTE
APENAS
O AR
QUE TU RESPIRA
E DENTRO
DO AR
EXISTE A TOTALIDADE
DE TUA VERDADE
E A VERDADE
DA TUA SANIDADE!!!

Ela É
A Assassina
Dos Deuses,
A Assassina
De Deusas,
Assassina De Deus.

Ela É
A Assassina
De Demônios,
A Assassina
De Diabas,
Assassina Do Diabo.

E quer mostrar
e demonstrar
isto,
a cada um de vós,
mortais de pura
bosta material:

VÓS SOIS
DEUSES
E DEMÔNIOS,
DEUSAS
E DIABAS,
DEUS
E O DIABO,
ALGO DENTRO
DOS CERNES
DE VOSSAS
AINDA DESCONHECIDAS
ALMAS!!!

Inominável Ser
INOMINÁVEL
HEREGE

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - Inomináveis Viagens Com A Deusa Morte




No Vale
Dos Poetas Perdidos,
encontro os Eternos Poetas
ao lado da Deusa Morte.

Na Rua
Da Desgraça,
transo com Pombagiras
ao lado da Deusa Morte.

Na Rua 
Da Miséria,
abraço Eternos Mendigos
ao lado da Deusa Morte.

Na Rua
Da Maldição,
encanto Tristes Ninfas
ao lado da Deusa Morte.

Na Rua
Da Escuridão,
beijo Deusas Noturnas
ao lado da Deusa Morte.

Na Rua 
Da Solidão,
leio Obscuros Livros
ao lado da Deusa Morte.

No Universo Negro,
converso com
Vampiros Cósmicos
ao lado da Deusa Morte.

No Sol Negro,
converso com
Sacerdotes Abismais
ao lado da Deusa Morte.

Na Lua Negra,
sorvo a urina
da Vulva De Lilith
ao lado da Deusa Morte.

Em Ramahym,
eu estou navegando
no Mar Dearmumm
ao lado da Deusa Morte.

Em Sah-ru-lam,
eu fico passeando
nos Jardins De Jakalo-o
ao lado da Deusa Morte.

Em Jak Faron Fart,
eu corro pelos
Campos Dreahus
ao lado da Deusa Morte.

No Erebus,
eu visito meus ancestrais
no Vale Fawwoer
ao lado da Deusa Morte.

No Hades,
eu visito meus amigos
em Gehun Nol Anels
ao lado da Deusa Morte.

No Partheus,
eu visito Deuses Estrangulados
no Templo Vyvyun
ao lado da Deusa Morte.

Dentro das Esferas
Planetárias,
visito Templos Ocultos
ao lado da Deusa Morte.

Dentro das Tapeçarias
Estelares,
visito Eternos Anciães
ao lado da Deusa Morte.

Dentro das Redes
Galácticas,
visito Guardiães Cósmicos
ao lado da Deusa Morte.

Pela Criação
inteira,
vou Conhecendo
ao lado da Deusa Morte.

Pela Criação
inteira,
vou Concebendo
ao lado da Deusa Morte.

Pela Criação
inteira,
vou Recebendo
ao lado da Deusa Morte.

Por todas
as Criações,
continuo Sendo
ao lado da Deusa Morte.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Amores Noturnos Inomináveis - Os Amores Convocam - Tocando-Te Como A Infinita Inominável Grande Noite




Minhas mãos
são todas as mãos
tocando-Te,
Noite,
Grande Noite,
Representada
pela Inominável 
Danosa Mulher
De Seios Famintos.

Mulher que sobe
A Escadaria Infernal,
chamando a todos os
Demônios Inomináveis
pelos Nomes,
Os Verdadeiros
Nomes.

Mulher que sobe
em minha cova,
me chamando como
Demônio Inominável,
o meu Nome,
meu Verdadeiro
Nome.

Mulher,
Inominável Mulher
Que Seduz E É
A Noite,
A Grande Noite,
toco-Te como
Tu me tocas,
tomando minhas
palavras,
tomando meus 
atos,
tomando meus
passos,
tomando meu
cu,
tomando minha
pica,
tomando meus 
lábios...

Mulher,
Noite,
Grande Noite,
Tocando-Me
Tu me dás
a alegria que 
não encontro
em nenhuma
humana de carne
e osso,
em nenhuma mundana
que caminha
balançando 
a bunda
pelas ruas,
em nenhuma fulana
que eu venha
a olhar
desejando
fodê-la...

Mulher,
ó,
Grande Inominável
Mulher,
toco-Te 
como o devasso
de vários anos
que eu sou,
toco-Te
como o audacioso
poeta sem regras
que eu sou,
toco-Te 
como o agraciado,
pelo Inominável,
como o médium 
mais do que perfeito
de tudo aquilo
que não pode
ter um nome...

Mulher,
Tu Que És
A Noite,
A Grande Noite,
dê-me as jóias
todas
da
Noturna Verdade,
da
Noturna Senda,
da
Noturna Roda,
da
Noturna Ronda,
da
Noturna Corrida
Em Direção
Ao Verdadeiro
Destino
De Todos
Os Inomináveis.

E Que
A Vossa
Inominável Nudez
Seja Todo Castigo
Para Todos Aqueles
Que Pronunciam
Vosso Nome
Sem Conhecerem
Vosso Sobrenome!

Inominável Ser
TOCANDO
NA
INOMINÁVEL MULHER
QUE É
A GRANDE NOITE