segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Sexo E As Trevas




No Gelo
E no Fogo
Da mais poderosa hora,
Esta profunda hora
Onde o uivar dos cães
É oculto profetizar,
Chega até minha cova
A deliciosa visão
De Sátiros,
Ninfas,
Íncubos
E Súcubos
Do Abismo
Em uma 
Orgia nas Trevas...

As Rainhas
Do Norte,
Do Sul,
Do Leste,
Do Oeste
E do Centro
Estão nuas sobre
O Sangrento Altar...

Priapo traz
A cabeça de Baco
Em uma dourada bandeja
Pelo Seu esperma
Recheado...

A gritaria de prazer
É intensa,
As alucinações dos ccorpos
Em um ferrenho êxtase
São densas,
A febre alcança outras
Trevas,
As Danças Iniciam-Se...

A Dança 
Que Faz O Abismo
Gozar!

A Dança
Que Faz O Abismo
Gritar!

A Dança
Que Faz O Abismo
Reinar!

A Dança
Que Faz O Abismo
Chegar!

Diante de Lilith,
A Rainha De Todas
As Rainhas
Do Êxtase,
A Serpente Imperatriz
Do Deserto,
Priapo entrega a cabeça
Do Olimpiano assassinado
Pela própria Humanidade,
Que se esqueceu
Do Bêbado Menino
Selvagem!

Pelas Trevas,
Ressoa o som
Dos dentes de Lilith
Mastigando aquele
Olímpico crânio!

Pelas Trevas,
Ressoa o som
Das gargalhadas de Priapo
Se masturbando diante
Do mastigar da Serpente!

Pelas Trevas,
A Orgia cresce,
Outros Sátiros,
Ninfas,
Íncubos
E Súcubos
Do Abismo oriundos,
Fodem 
Incessantes,
Fodem
Inclementes,
Fodem
Insaciáveis!

E no Grande Pau
De Priapo,
Diante dos últimos ossos
De Baco,
Lilith abre as pernas
E na buceta recebe
O Mais Fértil Deus
Das Trevas
Em Todo
Seu Esplendor!

A Orgia Grita!

A Orgia Sussurra!

A Orgia Salta!

A Orgia Pulsa!

A Orgia Continua!

E As Trevas Dançam
No Gozo Das Putas
E Dos Putos
Ao Som Do Prazer
De Lilith
E Priapo
Em Meio Às Chamas
De Tit Aisoun!

AVERAH!!!

AVERAH!!!

AVERAH!!!

Inominável Ser
UM ESPECTADOR
DE UMA ORGIA
NAS TREVAS


Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: