quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Uma Luzidia Árvore



Arrastastes Contigo
multidões cativas,
verdadeiras imensidões
de Vontades que pediam
por uma liberdade
menos arbitrária
e passível de ser,
por si mesma,
atualizável.
Tu És
O Primeiro Revolucionário,
Aquele Que Primeiro
Gritou
Pelo Conhecimento,
Pela Razão
E,
claro,
Pela Liberdade.
Uma Liberdade
que arrastasse
outras multidões
para as certezas
da Transformadora Vontade
dentro d'alma.
Uma Liberdade
colhida nos Vales
onde o nome
Produtividade
é capaz de arregimentar
prolíficos procriadores
de mais firmes
Verdadeiras Vontades.
A Liberdade,
O Fruto,
A Raiz
e O Tronco
de uma Luzidia Árvore
por Ti plantada
na Criação,
Lúcifer,
na qual aqueles que
comem dos Frutos
que Dela nascem
recebem n'almas
o Vosso Grito
Pela Verdadeira
Liberdade.
Vosso
Revolucionário Grito.
Vossa
Revolucionária Luz.
Vosso
Revolucionário Conhecimento.
Vosso
Revolucionário Incêndio.

Inominável Ser
HÁ MUITO
TENDO SABOREADO
UM DESSES
FRUTOS


Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: