sábado, 26 de dezembro de 2015

A Cada Osso, Rosa Caveira!



A cada osso,
Rosa Caveira,
Bota toda mandinga
Para queimar!

A cada osso,
Rosa Caveira,
Põe todo Egun
Para rodar!

A cada osso,
Rosa Caveira,
Amarra os pés
Dos maus!

A cada osso,
Rosa Caveira,
Parte para cima
De quem é do Mal!

A cada osso,
Rosa Caveira,
Protege teus recantos
Nas rondas dos cemitérios!

A cada osso,
Rosa Caveira,
Monta um cemitério
De alto poder!

A cada osso,
Rosa Caveira,
Bate em cada catacumba
E chama tua Falange!

A cada osso,
Rosa Caveira,
Ensina aos teus
O que é tua Gira!

A cada osso,
Rosa Caveira,
Lança para todos
Tua sabedoria!

A cada osso,
Rosa Caveira,
Levanta cada Caveira
Para A Guerra!

A cada osso,
Rosa Caveira,
Guerreies poderosa
Na vangarda!

LAROYE POMBOGIRA!!!

LAROYE POMBOGIRA!!!

LAROYE POMBOGIRA!!!

LAROYE POMBOGIRA!!!

LAROYE POMBOGIRA!!!

LAROYE POMBOGIRA!!!

LAROYE POMBOGIRA!!!

LAROYE POMBOGIRA!!!

LAROYE POMBOGIRA!!!

Inominável Ser
APRENDENDO
COM CADA OSSO
DA POMBAGIRA
ROSA CAVEIRA
Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: