quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

A Eterna Folia Da Deusa Miséria Nesta Miséria De Mundo



Toda a miséria histórica das eras
se torna uma canção que Roberto Carlos
nunca cantará,
Anitta nunca ouvirá
e apenas Robert Johnson,
no Abismo Infernal,
adorará tocando um blues
para os Quatro Reis Coroados
orientando uma orgia
de Diabos com Diabos.

Por que é assim com todos
os miseráveis?
Talvez,
por vocação.
Por que não pode ser diferente
com os miseráveis?
Talvez,
seja a genética.
Por que não acaba
toda miséria?
Talvez,
por ser A Miséria
uma Deusa muito dançante
e festiva.

Uma Deusa
que se alimenta vorazmente
da alegria e do sorriso,
da lágrima e da agonia,
da sodomia e do estupro,
dos santos e dos psicopatas,
dos justos e dos assassinos,
dos amados e dos odiados,
dos amantes e dos inimigos,
das aulas e das fodelanças,
dos satanismos e das hipocrisias,
dos ismos e dos riscos,
dos humanos e dos ânus,
dos fatos e dos rabos,
dos fundamentos e das picas…

A Deusa Miséria,
A Maior Entre Os Maiores
Senhores Deste Mundo Nesta Era
Da Desgraça Contemporânea!
Ao lado Dela,
pequenas humanas formigas e baratas,
A Deusa Maldição
e A Deusa Desgraça
amontoam as almas do Ontem,
do Hoje
e do Amanhã
que serão desgraçadas,
malditas
e miseráveis…

Elas enxergam longe,
esta é a nossa miséria.
Elas Sabem mais do que nós
sobre a nossa miséria,
esta é mais uma das nossas misérias.
Elas preparam um grande banquete
quando nos desgraçamos,
quando somos amaldiçoados,
quando somos tornados miseráveis…

Mas,
o humano show de horrores continua!
Beyoncé ainda rebolará muito,
enquanto um mendigo morre de frio
e de fome!
O Messi ainda fará mais gols
e fará fantásticas jogando,
enquanto uma criança africana
morre desnutrida,
anêmica
e desidratada!
As Olimpíadas,
as Copas do Mundo,
os Carnavais,
os Natais
e os Anos-Novos
eternamente continuarão sendo
comemorados,
enquanto alguém morre sozinho
e abandonado em um asilo!
E A Humana Festa continua,
enquanto todo este mundo
cada vez dança sobre si mesmo
mais fodido!

Como somos desgraçados!
Como somos malditos!
Mas,
acima de tudo,
COMO SOMOS MISERÁVEIS!!!

Inominável Ser
UM
INOMINÁVEL
MISERÁVEL



Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: