segunda-feira, 11 de abril de 2016

A Serpente, A Leoa E A Loba - Canto V



Não havia vento,
Não havia noite,
Não havia chuva,
Não havia dia,
Nem mais eu estava
Em uma madrugada.
O Tempo se curvou
À Presença
Da Serpente,
À Presença
Da Leoa,
À Presença
Da Loba.
Minha antiga
Fúria guerreira
Despertara
E Elas Sabiam
Deste retorno,
O retorno da minha
Guerreira Alvorada.
Hecate Uivou
E um negro garanhão
Veio cavalgando
Até o atemporal local
Daquela Noturna
Imensidão.
Parsios é o nome
Do Garanhão Noturno
Que há muito cavalgo,
Garanhão que responde
Aos Deuses Noturnos
Dos quais é
Comicamente aliado.
A Serpente,
A Leoa
E A Loba
Comigo Suas Armas
Deixaram,
Montando em Seus
Garanhões Noturnos
E indicando-me
Que as seguisse
Em uma Marcha
Pelo Negro Noturno Espaço.
Montei em Parsios
E uma armadura de bronze
Revestiu-me,
Surgindo no exato instante
Que me aconcheguei
À sela do
Noturno Animal Sagrado.
Às minhas costas
Posicione
O Machado e
A Espada,
Pondo na cintura
O Punhal.
Ouvi,
Então,
Lilith
Sibilar!
Ouvi,
Então,
Babalon
Rugir!
Ouvi,
Então,
Hecate
Uivar!
Ouvi-me,
Após Elas,
Que já corriam
Pela Noturna Estrada,
Sibilar,
Rugir,
Uivar!
Segui-as!
Segui-as
Na
Serpentina Marcha
Noturna!
Segui-as
Na
Leonina Marcha
Noturna!
Segui-as
Na
Lupina Marcha
Noturna!
Éramos quatro
E éramos muitos,
De repente,
Em meu redor,
Atrás de mim,
Atrás Delas,
Surgiram Negros Cavaleiros
Filhos Da Grande Noite
E dente Eles identifiquei
Irmãs
E Irmãos
De Guerras Maiores
E de Guerras Menores,
Guerreiros Eremitas
Que como eu
Sabem
Sibilar,
Rugir,
Uivar!
A Serpente,
A Leoa,
A Loba,
Nuas em Seus
Garanhões,
Gritando que éramos
Campeões,
Campeões Dos Exércitos
Da Verdadeira Vida
Contra Os Exércitos
Da Morte Na Norte
Do Anti-Natural!
A Serpente,
A Leoa,
A Loba,
À nossa frente,
Guiando a nossa
Marcha,
Retumbantes,
Unas,
Ferozes,
Enigmáticas
E Reveladoras
De Si Mesmas!
A Serpente,
A Leoa,
A Loba,
Deusas Guerreiras
Cantoras
Da Nossa Natural
Vitória,
Fontes De Poder
Das Maravilhas
Do Sangue Inimigo
Derramado
A Favor Da Negra
Natural
Vitória!
A Serpente,
A Leoa,
A Loba,
Filhas Do Natural,
Gigantes Da Guerra,
Titânides Universais,
Titânides Da Criação,
Para Har Mah Ron,
Para Har Mah Ron,
Para Har Mah Ron,
Elas
Nos
Guiavam
Com Amor
Ao Sangue Inimigo
Que Seria
Derramado!




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: