quarta-feira, 13 de abril de 2016

Nos Eternos Caminhos Das Trevas



Nos terrenos tremendos
das desgraças vis
das humanas torres,
Te vejo construindo
as pontes magníficas
que levam aos
Caminhos Das Trevas.

Sem relutar
e sem temer
dar cada passo,
vou me direcionando
com precisão
e paixão
a cada
Caminho Das Trevas.

Tremores atingem-me
a alma,
tremores de prazer
por senti-La aqui
comigo neste
longo caminhar que
faço em direção
aos Eternos
Caminhos Das Trevas.

Errante não sou mais,
perdido não estou
e não estarei
nunca mais,
Suas mãos
me guiam
com Amor,
Real Absoluto Amor,
por cada um
dos amáveis
Caminhos Das Trevas.

Brilhante agora
eu sou,
brilhante estrela
da Sangrenta Manhã,
brilhante cometa
da Sombria Tarde,
brilhante sol
da Estranha Madrugada,
brilhante lua
do Outro Meio-Dia,
brilhante planeta
da Outra Meia-Noite 
nas Estradas Dos
Caminhos Das Trevas.

Guia Maior minha
pela Noturna Senda
dos queridos
Caminhos Das Trevas,
Deusa Escuridão
Inspiradora Amada,
não quero mais
a sorte danada
dos medíocres civilizados,
fazei-me selvagem,
o mais selvagem,
Filho Sempre Novo
Obscurecente
De Todas
As Encruzilhadas!

Inominável Ser
O INOMINÁVEL
FILHO
DA DEUSA ESCURIDÃO
A OBSCURECER
TODA ESTRADA




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: