quarta-feira, 4 de maio de 2016

Vômito De Demônio





Vomita,
Demônio!

Vomita,
Demônio!

Vomita,
Demônio!

Todas as merdas devoradas
Pelo humano gado
Estão sendo eternamente
Despejadas na Terra
Pelo Demônio Que Vomita.

É Vômito
Abençoado por Nergal,
Beijado por Astoreth,
Escorrendo do cu
Da Terra.

É Vômito
Caindo na cara do crente,
Na cara do ateu,
Na cara do procrastinador,
Na cara do indiferente.

É Vômito
Caindo na mesa do almoço,
Na mesa do lanche,
Na mesa do jantar,
Na mesa do café da manhã.

É Vômito
Que cai nas salas de aula,
Nos estádios de futebol,
Nos puteiros,
Nas prisões.

É Vômito
Que cai nos cinemas,
Na televisão,
Na Internet,
No Sonhar.

É Vômito,
Vomitados humanos
Pelo cu do Kosmos,
Saboreado por nós
Que estamos acorrentados!

É Vômito,
Vomitados humanos
Pelo cu da Eternidade,
Que nossa mortal prisão
Assim nos dá!

É Vômito,
Vomitados humanos
Pelo cu do Criador,
Alagando nossa prisão
Nesta fodida vomitada carne!

É Vômito,
Vomitados humanos
Pelo cu da Mãe Morta,
Na prisão maior
Que é este vomitado mundo!

VOMITA,
DEMÔNIO!!!

VOMITA,
DEMÔNIO!!!

VOMITA,
DEMÔNIO!!!

VOMITA,
DEMÔNIO!!!

VOMITA,
DEMÔNIO!!!

VOMITA,
DEMÔNIO!!!

VOMITA,
DEMÔNIO!!!

VOMITA,
DEMÔNIO!!!

VOMITA,
DEMÔNIO!!!

Inominável Ser
UM VOMITADO
SER






Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: