quinta-feira, 30 de junho de 2016

E Eu Fico Apenas Aqui


Art by Toshihiro Egawa


Há uma mulher ali
metendo uma garrafa
de caninha da roça
no meio do cu,
cagando e dando
essa mistura saborosa
para um homem
todo rasgado
e estuprado
que mostra a piroca dura
para ela,
babando
e também cagando.

Passa agora
um chupador de pirocas
com um bando de pirocas
cortadas ao pescoço
e um assassino escroto
que conheci na Lapa
nos anos 30,
ele tinha vadias
e alguns viados
nas palmas das mãos,
morreu espancado
pela Madame Satã
em uma manhã
de sol
em Santa Teresa.

Algo se aproxima
rastejante 
tem cheiro de buceta
menstruada,
faz um barulho torto
de coisa estragada,
esmaga o asgalto
como um peso morto
de milênios fodidos,
é um tal de
"Salvador do Mundo"
que foi crucificado
entre dois escarros,
desceu aos Infernos
para fumar
o cigarro do Diabo
e ressuscitou
ao terceiro dia
como um aleijado
que se arrasta pelo solo
como um zumbi fodido
do caralho.

Passa depois,
como antes também
havia passado,
uma horda de santos
que bebem o sangue
da buceta
daquela mulher
da garrafa de cachaça;
uns gatos sem pêlos
que arranham as peles
de degoladas crianças
e mães decapitadas;
uns cegos que esquartejam
surdos
pisando nos testículos de
mudos;
uns fazedores de viúvas
trazendo ao colo
os fígados cozidos,
que eles comem,
de milhões de mulheres
e homens;
uns...
outros...
alguns...

E eu fico apenas aqui,
dizendo adeus
a lábios e corpos
que jamais beijarei;
a sonhos e realizações
que jamais obterei;
a bens e males
que vão e vem;
a sons e tons
que surgem e desaparecem;
a Deuses e Deusas
que já morreram;
a Demônios
que nunca chegam;
a Exus e Pombagiras
que não servem para nada;
aos que me defendem
e aos que me oprimem,
um bando de gente descarnada
que mando tomar no meio do cu
todo dia,
toda hora,
todo minuto,
todo segundo,
todo milionésimos de segundos,
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU
VÃO TOMAR NO MEIO DO CU!!!

E eu fico apenas aqui,
frio,
sozinho,
amargo,
derrotado,
fracassado...

E eu fico
no frio,
na solidão,
na amargura,
na derrota,
no fracasso...

Apenas aqui
na companhia
do Deus Frio,
da Deusa Solidão,
da Deusa Amargura,
da Deusa Derrota,
do Deus Fracasso,

os quais mando
também tomar no
meio do cu,
mas eles também ficam
apenas
aqui...

Inominável Ser
QUE FICA
APENAS
AQUI





Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: