terça-feira, 23 de agosto de 2016

Por Toda Esta Madrugada


Moths - Lenore Scarecrow


Por toda esta madrugada
me enfeitice
de um único modo,
modo este
que me faça
desgarrar
do humano solo,
solo este
que vosso hexagrama
reequilibre
na exatidão das Formas
das Densas
Trevas.

Por toda esta madrugada
me doutrine
com os
Arcanos Secretos
do Livro Inominável
Do Abismo,
Este que é
O Livro
Dos Inomináveis
Habitantes
Do Abismo,
Este que é
nosso Verdadeiro
Mundo.

Por toda esta madrugada
me encare,
olhe para mim
como
A Mulher Escarlate,
olhe para mim
como
A Serpente Eterna,
olhe para mim
como
A Dama Lunar,
olhe para mim
como
A Sereia Estelar,
olhe para mim
como
Estrige Solar,
olhe para mim
como
Vampira Universal,
olhe para mim
como
Deusa Inominável.

Por toda esta madrugada
me embale,
cante para mim
canções
de dor
e de morte,
recite para mim
poemas
de sangue
e de desgraças,
narre para mim
contos
de estupros
e assassinatos,
toque para mim
guitarras
evocando Demônios
e Sádicos,
pinte para mim
quadros
de horror
e de decadência.

Por toda esta madrugada
me conduza
pelo
Labirinto Invisível,
me jogue
no
Poço Impossível,
me oriente
no
Vale Dos Poetas
Perdidos,
me abandone
na
Grande Encruzilhada,
me encontre
no
Coração Das Eras.

Por toda esta madrugada
me mostre
todo este
Lado,
me afogue
do Outro Lado,
me adote
em teu útero
e me leve
até
A Escuridão
Que Ainda Há
Antes
De Tudo.

Por toda esta madrugada,
sim,
sem paradas,
sem amarras,
sem piedade,
sem pensar,
sem me poupar!

Por toda esta madrugada,
sim,
correndo,
caminhando,
saltando,
nadando,
parando,
voando!

Por toda esta madrugada,
sim,
entre cacos,
entre cactos,
entre ratos,
entre bagos,
entre boatos,
entre atos!

Por toda esta madrugada,
Inominável Cicerone
Das Inomináveis
Viagens,
de mãos dadas
nos
Portões Infernais,
de mãos atadas
nos
Fossos Abissais,
de mãos feridas
nos
Mundos Abismais,
de mãos cortadas
no
Outro Lado,
de mãos amputadas
no
Caminho Sem Mãos!

Por toda esta madrugada,
Inominável Irmã Maior!

Por toda esta madrugada,
Inominável Guia Maior!

Por toda esta madrugada,
Inominável Amada Maior!

POR TODA ESTA MADRUGADA!!!

POR TODA ESTA MADRUGADA!!!

POR TODA ESTA MADRUGADA!!!

POR TODA ESTA MADRUGADA!!!

POR TODA ESTA MADRUGADA!!!

POR TODA ESTA MADRUGADA!!!

POR TODA ESTA MADRUGADA!!!

POR TODA ESTA MADRUGADA!!!

POR TODA ESTA MADRUGADA!!!

POR TODAS AS MADRUGADAS!!!

POR TODAS AS MADRUGADAS!!!

POR TODAS AS MADRUGADAS!!!

Inominável Ser
DE TODAS
AS MADRUGADAS




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: