sábado, 17 de setembro de 2016

A Serpente, A Leoa E A Loba - Canto VII


Hecate - Claudia Olivos


O cheiro do sangue,
Ao longe de
Har Mah Ron,
Ao longe de
Mais um Campo
De Batalha
Da minha
Existência Eterna
De inúmeras Batalhas,
Já sinto.
Sinto,
Sinto,
Sinto,
O cheiro do sangue
Dos inimigos
Que abaterei,
Assim como
O cheiro do sangue
Dos inimigos
Que abati,
Assim como
O cheiro do sangue
Dos inimigos
Que abato.
Lilith ergue
O braço esquerdo
E Sete Anjos Negros
Acima de Sete Torres
De Crânios
Tocam Sete Negras
Trombetas,
Trombetas de som
A anunciar
A Negra Marcha
Dos Que
Derramarão Sangue
Em Har Mah Ron!
Babalon ergue
O braço esquerdo
E Sete Anjos Negros
Acima de Sete Cadáveres
De Filhos Do Anti-Natural
Tocam Sete Negras
Trombetas,
Trombetas de som
A anunciar
A Negra Marcha
Dos Que
Derramarão Sangue
Em Har Mah Ron!
Hecate ergue
O braço esquerdo
E Sete Anjos Negros
Acima de Sete Ossos
De Guerreiros Do Natural
Tocam Sete Negras
Trombetas,
Trombetas de som
A anunciar
A Negra Marcha
Dos Que
Derramarão Sangue
Em Har Mah Ron!
Sangue desgraçado
Eu quero derramar,
Pela Minha Mãe,
Minha Serpente-Mãe
Lilith,
Quero derramar
Sangue desgraçado
Em tudo igualitário
A Har Mah Ron!
Sangue miserável
Eu quero derramar,
Pela Minha Outra Mãe,
Minha Leonina Mãe
Babalon,
Quero derramar
Sangue miserável
Em tudo seguidor
De Har Mah Ron!
Sangue maldito
Eu quero derramar,
Pela Minha Terceira Mãe,
Minha Lupina Mãe
Hecate,
Quero derramar
Sangue maldito
Em tudo continuador
De Har Mah Ron!
Har Mah Ron,
O Campo Dos Fracos!
Har Mah Ron,
A Terra Dos Destruídos!
Har Mah Ron,
O Mundo Dos Aniquilados!
Har Mah Ron,
Desgraçado Campo,
Miserável Terra,
Maldito Mundo,
Para onde
A Negra Marcha
De Filhos Do Natural
Se encaminhava,
Onde eu Via
As minhas mãos
Manchadas de
Sangue,
Os meus pés
Embebidos de
Sangue,
Os meus lábios
Sorvendo
Sangue,
Muito sangue,
Todo o sangue
Dos meus inimigos!
Lilith
Acelerou
Seu cavalgar!
Babalon
Acelerou
Seu cavalgar!
Hecate
Acelerou
Seu cavalgar!
Eu
E Meus Irmãos,
Verdadeiros Irmãos
Em Espírito,
Em Sangue,
Em Corpo,
Em Alma,
Em Ser,
Aceleramos
Nosso cavalgar!
Lilith
Avistou
A Face Do Anti-Natural!
Babalon
Avistou
A Face Do Anti-Natural!
Hecate
Avistou
A Face Do Anti-Natural!
Eu
E Meus Irmãos
Avistamos
A Face Do Anti-Natural!
Avistamos
Os Exércitos
Formados por todos
Os nossos inimigos,
Inimigos Eternos,
Eternos Inimigos!
Avistamos
Os Exércitos
De todos que iríamos
Vencer,
A Vitória,
A Grande Vitória,
Desde que iniciamos
A Negra Marcha
Já era nossa!
Avistamos
Os Terrores Noturnos
E os Terrores Diurnos,
Nossas Faces Anti-Naturais
E Aqueles
Que Tentaram
Nos Fazer Esquecer
Do Natural!
Avistamos
O fim
Da Negra Marcha.
A Serpente parou
De cavalgar.
A Leoa parou
De cavalgar.
A Loba parou
De cavalgar.
À Serpente entreguei
O Machado.
À Leoa entreguei
A Espada.
À Loba entreguei
O Punhal.
Surgiu em minhas mãos,
Então,
Escudo à direita,
Espada à esquerda.
Todos os Meus Irmãos
Empunhando seus escudos
E armas de batalha.
Chegamos a
Har Mah Ron.
Chegamos,
Naquele instante,
Lá em
Har Mah Ron.
Meu ontem,
Meu amanhã,
Meu hoje,
Derramando sangue,
Derramando sempre
Sangue,
Fez-se em
Minhas mãos.
Eles avançaram,
Meus inimigos
Avançaram…
Nós avançamos,
Guiados pela
Serpente,
Guiados pela
Leoa,
Guiados pela
Loba,
Nós avançamos…
Sangue,
Enfim,
Seria derramado
Pelo Natural!




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: