terça-feira, 20 de setembro de 2016

Noturnas Senhoras Da Malandragem


Woman with red hat and black dress - Shararch



Sem vacilo,
Sem parada errada,
No arrepio que Elas
Trazem ao gargalharem,
Abram caminho
Para elas,
Abram as porteiras
Para suas passagens!


Com navalha,
Com punhal,
Com adaga
E com um sorriso
Pronto para tudo
Tirar de errado,
Elas chegam com
A ginga certeira
Das quebradas!


Requebram
E os chapéus
Não caem!


Requebram
E os charutos
Não apagam!


Requebram
E os cigarros
Não cessam!


Requebram
E os Kiumbas
Choram!


Sambando,
Gargalhando,
Trabalhando!


Sambando,
Gargalhando,
Auxiliando!


Sambando,
Gargalhando,
Combatendo!


Sambando,
Gargalhando,
Batendo!


Sambando,
Gargalhando,
Defendendo!


Malandras
São Malandras,
Arrasam
Na briga,
Arrasam
No samba
E sempre ganham
No carteado
Da Vida
E da Morte!


Malandras
São Malandras,
Descem
O cacete,
Aconselham
Quem pede,
Acolhem
Quem clama,
Enxotam
Quem merece!


Malandras
São Malandras,
Agitam
Daqui,
Agitam
De lá,
Agitam
Por aí,
Agitam
Por todo
Lugar!


São Noturnas
Senhoras
Da Malandragem,
Respeitáveis
Guerreiras,
Cheias
De Luzes,
Plenas
De Trevas,
Seguindo
Para cima,
Caminhando
Por cima,
Olhando
Para baixo,
Dando
Pernada,
Gargalhada
E baforada
Descarregando
Qualquer
Necessitado
E queimando
Todo
Bandidaço
Das Trevas!

Assim são
As Malandras,
Saudemos
Todas Elas!

Assim são
As Malandras,
Saudemos 
Essas Senhoras!

Assim são
As Malandras,
Saudemos 
Essas Noturnas
Filhas
Das Eternas
Gingadas!


SALVE
AS
MALANDRAS!!!


SALVE
AS
MALANDRAS!!!!


SALVE
AS
MALANDRAS!!!


SALVE
AS
MALANDRAS!!!


SALVE
AS
MALANDRAS!!!


SALVE
AS
MALANDRAS!!!


SALVE
AS
MALANDRAS!!!


SALVE
AS
MALANDRAS!!!


SALVE
AS
MALANDRAS!!!


Inominável Ser
SAUDANDO
TODAS
AS MALANDRAS




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: