segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Toda Meia-Noite Nas Cinzas Das Trevas


How This Feels - Inextremiss


Toda meia-noite
me ofereço ao Barco
que Caronte guia
pelos Rios Infernais
além do Hades,
vou ao profundo
de infindos Infernos,
vou cumprimentar
infindos Satanazes.


Toda cinza
que se acumula
em meu redor
vou jogando nos muros
de meus inimigos,
talvez este feitiço
acabe por levá-los
a um hospício
ou um cemitério.


Todas as Trevas
dançam comigo
quando a maior
das Faces Obscuras
que me observam
sorri sombria
dentro das Vestimentas
dos Negros Elementos
Existenciais.


Toda meia-noite
evoco aos meus
Demônios Maiores,
uns chegam
saltitando,
outros chegam
sussurrando,
poucos chegam
festejando,
muitos chegam
trepando,
todos chegam
me inspirando.


Toda cinza
que sopro por
todo lado,
desde a esquina
de uma rua sedenta
por alguma redenção
até a beira de
um rio de esgoto
cheio de mato
e de ratos,
vai se acumulando
em uma montanha
que sempre derrubo
sobre toda casa
em meu redor.


Todas as Trevas
traduzem comigo
Os Proibidos Livros
Inomináveis,
Livros Que Portam
O Caos,
Livres Que Portam
O Aniquilável,
Livros Que Portam
A Porta
Do Anti-Cósmico
Santuário.


Toda meia-noite
eu oro
a Lilith,
Babalon,
Hecate,
Satan,
Lúcifer,
Kali,
Shiva,
Omulu,
Exu,
Todos Que Ontem
Fizeram Amanhã
O Que Hoje Era
Para Ser Feito.


Toda cinza
que cai sobre mim
é o atestado
do meu poder
em transformar
cada uma delas
em lei
e escudo,
A Inominável Lei
Deste Abismo,
O Inominável Escudo
Desta Cova.


Todas as Trevas
praticam comigo
esta Negra Magia
Iluminada,
Incorporo
Inexistentes Nomes,
Incorporo
Inexistentes Seres,
Incorporo
a minha própria
Inexistência
Para Existir
Inominavelmente.


Toda meia-noite
é
Inverno.


Toda cinza
é
meu terno.


Todas as Trevas
são
meu cobertor.


Toda Meia-Noite
Nas Cinzas
Das Trevas.


Toda Meia-Noite
Nas Cinzas
Das Trevas
Onde Adoro
Ao Poder
Secreto
Das Obscuras
Atmosferas.


Toda Meia-Noite
Nas Cinzas
Das Trevas
Onde Medito
Sobre Os Cadafalsos
Onde São Enforcados
Anjos Caídos
Em Desgraça
Por Causa Da Cauda
Do Diabo.


Toda Meia-Noite
Nas Cinzas
Das Trevas
Onde Advogo
A Causa
Do Abismo,
A Causa
Do Perdido,
A Causa
Da Cova.


Toda meia-noite.


Nas cinzas.


Nas Trevas.


Inominável Ser
TODA
MEIA-NOITE
NAS CINZAS
DAS TREVAS




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: