quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Exu Caveira, O Rei Que Nunca Está De Brincadeira!


Exu Caveira - Igor Giamoniano


Sacudindo os ossos,
Carregando os corpos,
Derramando copos,
Exu Caveira
Coordena o campo
Do Grande Cemitério!

Girando por ali,
Girando por aqui,
Girando por lá,
Como vento de hoje,
Brisa de ontem
E chuva de amanhã,
Exu Caveira
Trabalha com certeza
Nas maiores
Profundezas!

Atendendo
Aas chamados,
Vigiando
Templos,
Atiçando
Comandados,
Ajudando
Desencarnados,
Combatendo
Desajustados
Exu Caveira
É um Rei
Que não nega
A presença
Nos campos
De batalhas!

Ele sempre chega
Sacudindo
Os ossos,
Arrastando vários
Para o começo
Do aprendizado
Ou o recebimento
De um preço
A ser pago!

Ele sempre chega
Estalando
Os ossos,
Avisando a todos
Que chegou
Para ser um
Trovão
Aos do Correto
E um Raio
Para os do Errado!

Ele sempre chega
Cruzando
Os ossos
Por onde passa,
Realizando
Uma bênção
Para os retos
E uma maldição
Para os tortos!

Exu Caveira
É assim,
Um Exu
Sem brincadeiras
E meias-palavras!

Exu Caveira
É assim,
Exu das Correntes
Dos Rios
Da Morte!

Exu Caveira
É assim,
Exu das Legiões
Do Grande
Cemitério!

Exu Caveira
É assim,
Um dos Exus
De Omulu,
O Pai
De Palhas Secas,
Dança
Infinita
E Chagas
Detentoras
Dos Mistérios
Da Grande Roda!

SALVE
O REI
EXU CAVEIRA!!!

SALVE
O REI
EXU CAVEIRA!!!

SALVE
O REI
EXU CAVEIRA!!!

SALVE
O REI
EXU CAVEIRA!!!

SALVE
O REI
EXU CAVEIRA!!!

SALVE
O REI
EXU CAVEIRA!!!

SALVE
O REI
EXU CAVEIRA!!!

SALVE
O REI
EXU CAVEIRA!!!

SALVE
O REI
EXU CAVEIRA!!!

LAROYE ESÚ!!!

LAROYE ESÚ!!!

LAROYE ESÚ!!!

LAROYE ESÚ!!!

LAROYE ESÚ!!!

LAROYE ESÚ!!!

LAROYE ESÚ!!!

LAROYE ESÚ!!!

LAROYE ESÚ!!!

Inominável Ser
DEDICANDO
ESTES
POÉTICOS OSSOS
A EXU CAVEIRA




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: