quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Pétalas Para Os Corações Dos Noturnos Andarilhos


Art by Zhang Xiao Bai


As pétalas chegam de longe,
De um reino perto do mais aliviante
Estado de pureza que todo aquele
Que caminha na Escuridão
Pode alcançar.

As pétalas caem nas mãos de todos
Que percorrem o Umbral das Eras
Como Andarilhos das Terras
Sagradas e Profanas do
Universo das Trevas.

As pétalas encobrem os Uivantes
E os Sussurrantes,
Os Sibilantes
E os Silenciosos
Que Mais Gritam.

As pétalas envolvem os Sedentos
E os Famintos,
Os Arruinados
E os Negados
Pelo Livro Da Vida.

As pétalas seduzem os Bárbaros
E os Obscuros Sábios,
Os Enlouquecidos
E os Afirmados
Pelo Livro Da Morte.

As pétalas consolam os Desgraçados
E os Malditos,
Os Miseráveis
E os Estuprados
Pela Passagem Das Eternas Idades.

As pétalas são sopradas
Pelo vento que percorre
As Abismais Sendas,
São Pétalas Eternas,
São Pétalas Raras.

As pétalas são sopradas
Pelos Guardiães Das Valas,
São Pétalas Meditativas,
São Pétalas Construtivas,
São Pétalas Medicinais.

As pétalas são sopradas
Pelos Vigilantes Eternos
Da Grande Noite,
São Pétalas Salvadoras,
São Pétalas Recriadoras.

As pétalas são sopradas
Pelo Insondável Imanifestado,
São Pétalas,
São Pétalas,
São Pétalas…

Pétalas
Que permitem uma visita
A agradáveis momentos
De paz
Nas Trevas.

Pétalas
Que aconselham uma parada
Em Campos iluminados
Pela harmonia
Na Névoa.

Pétalas
Que mostram uma Estrada
Para outras Estradas
Repletas de tranquilidade
Nos Infernos.

Pétalas
Que eliminam algumas
Menores angústias atrozes
Nas beiradas
Dos Abismos.

Pétalas
Infalíveis na missão
De darem momentâneo alívio
Para todos os corações
Dos Noturnos Andarilhos.

Pétalas
Que outros ventos carregam,
Deixando apenas uma saudade
De parcos instantes suaves
Nos Planos Sombrios.

Inominável Ser
COM PÉTALAS
QUE JÁ SERÃO
PARA LONGE
SOPRADAS




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: