sábado, 4 de fevereiro de 2017

Frances Farmer Profetiza Do Cinema Das Névoas


"She'll come back as fire
To burn all the liars
And leave ablanket of ash on the ground"

Kurt Cobain


Frances
Foi estelar
Indo dos lindos
Vestidos de gala
À camisa-de-força
Nestes grandes jogos
Que o Destino
Costuma conosco
Torpes Humanos
Jogar

Frances
Foi usada como
Ainda se usam
As peles vendidas
Pela indústria
Que fabrica musas
Que sopradas
Por um vento
Qualquer
Se despedaçam
Em muros
Ao longo das
Cidades

Frances
Comeu
E bebeu
Do glamour
Comeu
E bebeu
Da décadence    
Da sensação
Ao sensacionalismo
Da atração
À repulsa
Do brilho
Ao lixo

Frances
Se jogou
Do precipício
Deu um beijo
No fundo
Do abismo
Fez a cabeça
Girar
Desobedeceu aos
Padrões do ridículo
Mundo caucasiano
A imitar torto
O grego ideal
Da humana beleza

Frances
Viveu na falsa
Luz das câmeras
Viveu na efêmera
Borda da praia
Do falso
Viveu dentro
Da hipocrisia
Platinada
De Holly
Obteve rasgos
De Wood
Obteve porradas

Frances
Hoje é fantasma
Frances
Hoje é fantasia
Frances
Hoje é história
Que esquecida
Tenta ser
Pela cruel máquina
Geradora de
Blockbusters
Sem sentido
Sem caminho
Sem alma

Frances
Ainda se lembra
Frances
Ainda ouve
Frances
Ainda vê
Os abusos
Os choques
Os estupros
O escárnio
O deboche
A total dose
De inquisitorial
Sucessão de terrores
Sobre si

Frances
Vaga
Frances
Divaga
Frances
Rosna

“Hollywood,
You go
Fall down!”

Frances
Murmura
Frances
Observa
Frances
Profetiza

Inominável Ser
À MEMÓRIA
DE
FRANCES
FARMER





Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: