sábado, 11 de março de 2017

Eu Sou Uma Mãe!


Lilith - Lente Scura


Minha Canção
É De Morte,
Minha Oração
É De Sangue,
Meu Coração
É De Trevas,
Mas,
Eu Sou Uma
Mãe!

Meu Ódio
É Sublime,
Meu Veneno
É Veloz,
Meu Silêncio
É Enlouquecedor,
Mas,
Eu Sou Uma
Mãe!

Minhas Vestes
São De Ossos,
Meus Pés
São Lâminas,
Minhas Mãos
São Foices,
Mas,
Eu Sou Uma
Mãe!

Meu Sussurro
É Cadeia,
Meu Grito
É Coroação,
Meu Gemido
É Maldição,
Mas,
Eu Sou Uma
Mãe!

Minhas Armas
São Desgraças,
Minhas Armaduras
São Maldições,
Minhas Legiões
São Misérias,
Mas,
Eu Sou Uma
Mãe!

Uma Mãe,
Desgraçados
Da Terra!

Uma Mãe,
Malditos
Da Terra!

Uma Mãe,
Miseráveis
Da Terra!

A Mãe
De
Sitra Ahra!

A Mãe
Dos
Infernos!

A Mãe
Dos
Abismos!

A Mãe
Das
Carnes!

A Mãe
Das Correntezas
Contrárias
Ao Oceano
De Mentiras
De Vosso Lado,
Bando De Vermes
Fadados Ao Fim
No Apodrecimento
De Suas Pequenas!

E Quem
Ama
Uma Mãe
Como Eu?

Quem Ousa
Amar
Um Mãe
Como Eu?

Quem Quer
Amar
Uma Mãe
Como Eu?

Quem Sonha
Em Ter
Uma Mãe
Como Eu?

Quem Deseja
Ser
Uma Filha
Minha?

Quem Deseja
Ser
Um Filho
Meu?

Quem
Ama?

Quem
Sonha?

Quem
Deseja?

Alguém Já
Me Respondeu…

Inominável Ser
LILITH
REVELADA




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: