sábado, 6 de maio de 2017

Ouço Cavalgadas Nos Cemitérios…


Exu Omulú - Monroe Rodriguez Singh


Ouço Cavalgadas
Nos Cemitérios,
Um dos Senhores
Da Morte
Bate Seus Ossos
Por toda
Sepultura…

Ouço Cavalgadas
Nos Cemitérios,
Um dos Regentes
Da Sinfonia
Da Morte
Toca A Harpa
Dos Seus Mistérios…

Ouço Cavalgadas
Nos Cemitérios,
Um dos Magos
Da Morte
Carrega nos passos
O Escudo
E A Espada…

Ouço Cavalgadas
Nos Cemitérios,
Um dos Sábios
Da Morte
Abre O Livro
Do Grande Cemitério…

Ouço Cavalgadas
Nos Cemitérios,
Um dos Cavaleiros
Da Morte
Luta contra toda
Besta Forte…

Ouço Cavalgadas
Nos Cemitérios,
O Cavaleiro
Da Morte
Abre a ida
E a vinda
Dos mortos!

Ouço Cavalgadas
Nos Cemitérios,
O Cavaleiro
Da Morte
Rende Eternos
Tributos a Ela!

Ouço Cavalgadas
Nos Cemitérios,
É Exu Omulú
No Grande Trabalho
Que lhe foi dado
Pela Grande Senhora
Morte!

Ouço Cavalgadas
Nos Cemitérios,
É Exu Omulú
Se encarregando
Das almas
Que vem
E vão!

Ouço Cavalgadas
Nos Cemitérios,
É Exu Omulú,
O Grande Cavaleiro
Trazendo A Cinza,
A Pena
E A Lâmina!

Ouço A Cavalgada
No Grande Cemitério,
Exu Omulú,
O Cavaleiro,
À frente de uma
Eterna Legião
De Cavalgantes Ossos!

LAROYE
EXÚ OMULÚ!!!

LAROYE
EXU OMULÚ!!!

LAROYE
EXU OMULÚ!!!

LAROYE
EXU OMULÚ!!!

LAROYE
EXU OMULÚ!!!

LAROYE
EXU OMULÚ!!!

LAROYE
EXU OMULÚ!!!

LAROYE
EXU OMULÚ!!!

LAROYE
EXU OMULÚ!!!

LAROYE ESÙ!!!

LAROYE ESÙ!!!

LAROYE ESÙ!!!

LAROYE ESÙ!!!

LAROYE ESÙ!!!

LAROYE ESÙ!!!

LAROYE ESÙ!!!

LAROYE ESÙ!!!

LAROYE ESÙ!!!

Inominável Ser
OUVINDO
AS CAVALGADAS
DE EXU OMULÚ




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: