terça-feira, 27 de junho de 2017

A Você Que Me Chama Nas Chamas


Angelina Petrova

Eu ainda digo que 
O Diabo
É mulher
E tem olhos verdes
E surge em meio
Aos meus sonhos
E delírios
Como cada maravilha
Do feminil ardor
Das Cortes Infernais...

Saiba,
Ó,
Povo da Internet,
Que eu adoro
O Diabo,
Os olhos 
Do Diabo,
As curvas
Do Diabo,
A voz
Do Diabo,
A essência
Do Diabo!

Adoro 
As Potências
Do Diabo,
Adoro
As Relíquias
Do Diabo,
Adoro
As Presenças
Do Diabo,
Adoro
As Palavras
Do Diabo!

Ele sussurra ao meu
Ouvido esquerdo
Palavras de puro
Ataque
Ao absurdo
Das crenças
Vazias
E incentivos
Para o afogamento
Nos carnais abismos
Onde todos devem
Procurar se afogar!

O Diabo,
Os olhos verdes,
As curvas,
A voz,
A essência,
Me inspiram
Nesta manhã outonal
Onde as portas
E as janelas
Estão escancaradas!

Você já abraçou
O Diabo?

Você já beijou
O Diabo?

Você já dançou com
O Diabo?

Você já fodeu com
O Diabo?

Olhem bem
Para as noturnas danças
Do noturno véu
Neste tempo outonal
E verão 
O Diabo
Com olhos verdes
E formas de uma
Mulher entre todas
As infernais mulheres
Dançando com as
Estrelas Fatais...

O Diabo
É o único Deus
Digno dos nossos
Silenciosos apelos
Pela Verdadeira Salvação:

A DA CARNAL
ENTREGA
AO DELICIOSO
EMBLEMA
DE EXISTIR
PARA VERDADEIROS
SERMOS!!!

Foder
É também
Um dos muitos
Caminhos
Para A Luz
Que
O Diabo
Ensina!

"Enquanto houver
A carne
Aproveite 
Assim.."

Inominável Ser
AMIGO
AMANTE
IRMÃO
DO DIABO




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: