Mortais & Imortais


Katharina Barth


Os pedaços de carne morta
dos Mortais
e a eterna beleza esplendorosa
dos Imortais:
a efemeridade dos passos
dos Mortais
e a eternidade da Estrada
dos Imortais;
o fim de toda respiração
dos Mortais
e o Grande Ar nos pulmões
dos Imortais;
as falhas que se acumulam
dos Mortais
e os sucessos ininterruptos
dos Imortais;
as chagas vulcânicas em rebeldia
dos Mortais
e a saúde inderrubável serena
dos Imortais;
as quedas de todas as escadarias
dos Mortais
e as subidas na Grande Escadaria
dos Imortais;
as desgraças aos pés
dos Mortais
e as graças aos pés
dos Imortais;
as misérias nas mãos
dos Mortais
e as riquezas nas mãos
dos Imortais;
as maldições nos rostos
dos Mortais
e as bênçãos nos rostos
dos Imortais;
as dores nos corações
dos Mortais
e a paz nos corações
dos Imortais;
o desespero na mente
dos Mortais
e a tranqüilidade na mente
dos Imortais;
a solidão nas almas
dos Mortais
e a companhia da Unidade
dos Imortais:
as diferenças gigantes
entre os
Povos desta Criação
onde vivem atualmente
todos os Mortais
& Imortais.

Porém,
todos estão unidos
em um Útero
que Antes De Tudo
Existia.
Útero
Que Ainda É
Realizador De Partos.
Útero
Que Ainda É
Fundamento Do
Grande Parto.
Útero
Que Ainda É
O Momento Dos
Grandes Nascimentos.
Útero
Que Ainda É
O Chamado Dos
Grandes Momentos.
Útero
Que Ainda É
O Chamariz
Dos Únicos Movimentos.
Útero
Que Eternamente Será
O Primeiro De Todos
Os Úteros
Mais Férteis
De Toda A Expansão
Da Obra Moldada.
Útero
Da Primeira Mãe.
Útero
Da Primordial Mãe.
Útero
Daquela Que Gritou
Primeiro
Acima De Todas
As Outras Mães.
Útero
Da Deusa Escuridão,
Mortais
& Imortais.

Nossa Mãe,
Mortais
& Imortais,
que vela por nós
dentro das
Vastas Formas
Que Pelo Infinito
Se Expandem
Dentro Do Manifestado
Útero
Que Ela Ajuda
A Tudo Moldar.

Inominável Ser
APENAS
UM SER
ENTRE TODOS
OS MORTAIS
& IMORTAIS




0 Comentários: