quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

No Meu Sangue, Na Minha Carne E Nos Meus Ossos


Satan Escaped From Hell - Werner Hornung


Quem Não Beber
Do Sangue Que Escorre,
Da Carne Que Corre
E Dos Ossos Que Alimentam
Os Anjos Caídos
Não Tem Direito
Ao Voto
Na Assembléia
De Meus Atos.

É O Meu
Sangue.

É A Minha
Carne.

São Os Meus
Ossos.

Apenas Aqueles
Que Bebem
Aquele Sangue,
O Meu Sangue,
Podem Falar
Como Eu Falo.

Apenas Aqueles
Que Comem
Aquela Carne,
A Minha Carne,
Podem Gerar
Como Eu Gero.

Apenas Aqueles
Que Roem
Aqueles Ossos,
Os Meus Ossos,
Podem Construir
Como Eu Construo.

Seu Sangue,
Mortal,
Para A Glória
De Ti Mesmo.

Sua Carne,
Mortal,
Para O Trono
Em Ti Mesmo.

Seus Ossos,
Mortal,
Para O Poder
Em Ti Mesmo.

Tu Não Desejas
Sangue
Eterno?

Tu Não Sonhas
Com
A Carne
Eterna?

Tu Não Queres
Colecionar
Ossos
Eternos?

Não Meça Esforços
E Nem Desperdice
Seu Tempo
Tentando Ser
O Que Todos
São Dentro
Do Reto Caminho.

Desvie-Se
Para Tortos
Caminhos.

O Caminho
Do Meu
Sangue.

O Caminho
Da Minha
Carne.

O Caminho
Dos Meus
Ossos.

E Encontrarás
No Meio Da Estrada
Onde Te Aguardo
Cada Pena Perdida
De Minhas
Antigas Asas.

Inominável Ser
SATAN
REVELADO




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: