sexta-feira, 9 de março de 2018

Demônios & Abortos


Clarissa - Satyr


Ergue-se o Véu Infernal,
Cinzas e desgraças unidas
Põem marcas irresistíveis
No chuvoso céu.

Caem os pássaros degolados,
Racham-se as montanhas
Mais altivas do horizonte,
Deus esconde Sua Face.

Satan Revela Sua Face,
Asmodeus Revela Sua Verdade,
Beelzebuth Revela Sua Podridão,
Leviathan Revela Seus Tentáculos.

Fogem de todos os lados
Anjos que trabalham caridosos,
Estão chegando os Reis,
Estão chegando os Demônios.

Estremecem de medo todos
Os Invisíveis Amigos Da Luz,
Estão chegando das Trevas
Os Verdadeiros Trevosos.

Os animais sentem,
Se embrenham nas florestas,
Vivem à sombra nas casas,
Pisam com medo nas ruas.

As Sombras se tornam
Mais Dançarinas,
O Medo se torna
Mais Versátil.

As Ruínas se tornam
Mais Sorridentes,
As Extinções se tornam
Mais Uivantes.

As Fissuras se tornam
Mais Convidativas,
As Fraquezas se tornam
Mais Escandalosas.

Os Comedores De Abortos
Estão chegando para sequestrar
Todo imerecido lugar
Nos tronos dos humanos reinos.

Os Comedores De Abortos
Estão chegando para triturar
Toda danificada asa
Nos céus dos humanos vôos.

Os Comedores De Abortos
Estão chegando para tomar
O seu lugar de direito
Na mesa do humano banquete.

Os Abortos
Da Razão estão mais fortes,
Da Consciência estão mais nítidos,
Da Decência estão mais sombrios.

Os Abortos
Do Coração estão bem claros,
Da Honestidade estão bem firmes,
Da Paz estão bem gritantes.

Os Abortos
Da Violência provocam,
Do Ódio desafiam,
Da Destruição desfilam.

Os Abortos
Da Humanidade são aplaudidos
Pelos cheiradores de enxofre
E comedores de chamas.

Os Abortos
Da Humanidade são petiscos
Para cada um dos Filhos
Do Abismo Infernal.

Os Abortos
Da Humanidade são espelhos
Refletindo cada imagem
Dos Filhos Infernos.

Dor & Abortos,
Mortes & Abortos,
Desgraça & Abortos,
Miséria & Abortos.

Maldição & Abortos,
Desespero & Abortos,
Aniquilação & Abortos,
Fragmentação & Abortos.

Demônios & Abortos,
Demônios & Abortos,
Demônios & Abortos,
Demônios & Abortos…

Abortos dos Humanos Demônios
Que dos Eternos Demônios
Recebem apenas inspirações
Carregadas de podres paixões.

Inominável Ser
SENTINDO
O PODRE ODOR
DO ETERNO ABORTO
QUE É
O SER HUMANO




Reações:

0 Lamentos Finais De Cadáveres: