A Espada Deve Ser Brandida


War - Modelo: Mahafsoun - Fotógrafa: Roya Diar



Dedicado a Eliz G.


As furiosas investidas
Do lado das Ferozes Bestas
Podem ser sucessivas,
Mas a espada deve ser
Prontamente brandida
Com a certeza da vitória
Sobre multidões inimigas.

As horas podem conter
Indescritíveis pesos sobre
Toda a alma,
Mas a espada deve ser
Prontamente brandida
Como se fosse a primeira
Obra da própria vida.

Os dias podem possuir
A angústia atacante
De cada parte do coração,
Mas a espada deve ser
Prontamente brandida
Com a fúria mestra
Da vontade de sobreviver.

As semanas podem chegar
Como cadafalsos criadores
De um enterro por segundo,
Mas a espada deve ser
Prontamente brandida
Junto com a certeza amiga
Do poder a tudo derrubar.

Os meses podem trazer
A melancólica nuvem ácida
Sobre o Ser,
Mas a espada deve ser
Prontamente brandida
Para arrebatar o trono
Daqueles que sabem vencer.

Os anos podem ser
Diálogos com o que não foi
E nunca será,
Mas a espada deve ser
Prontamente brandida
A fim de se criar um destino
Que não se dobre ou quebre.

A vida toda pode
Querer te esmagar
E estrangular,
Mas a espada deve ser
Prontamente brandida
À frente de todas as Luzes
Que moldam tua Força.

A vida toda pode
Querer te derrubar
E sufocar,
Mas a espada deve ser
Prontamente brandida
Para arrebatar o tesouro
Do sublime sorriso amanhã.

A vida toda pode
Querer te vencer
E apagar,
Mas a espada deve ser
Prontamente brandida
A cada alvorecer do
Terrestre campo de batalhas.

A espada deve ser
Brandida,
Nunca tema
O peso dela,
Nunca tema
A tua guerra,
Nunca tema!

A espada deve ser
Brandida,
Nunca recue diante
Das Trevas,
Sempre assassine
Cada uma
Delas!

A espada deve ser
Brandida,
A Luzidia Espada
De Tua Eterna Alma,
A Luzidia Espada
Que as tuas mãos empunham
A cada momento guerreado!

A espada deve ser
Brandida,
Consciente,
Constante,
Arrasadora,
Disciplinada,
ARREBATADORA!!!

Inominável Ser
BRANDINDO
A ESPADA
DA GUERRA
QUE ELE
TRAVA




0 Comentários: